Indústria alimentar e das bebidas exportou 5.016 M€ em 2018

Indústria alimentar e das bebidas exportou 5.016 M€ em 2018

Em 2018, a indústria alimentar e das bebidas atingiu o valor mais elevado de exportações até agora registado, com um total de 5.016 milhões de euros (M€). Segundo dados divulgados pela Federação das Indústrias Portuguesas Agro-alimentares (FIPA) em meados de Fevereiro, este valor constitui um crescimento de 3,10% (mais 151 M€) face ao ano anterior e fez com que as vendas do sector para o estrangeiro tenham representado 8,66% das exportações de Portugal.

Espanha foi o principal destino destes produtos, com cerca de 25% das vendas da indústria para o estrangeiro, seguindo-se França (9%) e Brasil (6%). Quanto a categorias de produtos, «continuam a destacar-se o azeite, o leite e produtos lácteos e o vinho», refere a FIPA.

azeite-virgem-extra

A entidade sublinha que, analisando o período 2010-2018, as exportações da indústria alimentar e das bebidas aumentaram 56%, enquanto que as importações «apenas aumentaram 32%, revelando que existiu um ligeiro equilíbrio da balança comercial». Nas palavras da FIPA, o resultado obtido «revela a atracção crescente pelos produtos nacionais, por parte do mercado global».

Microscópio_244065934

Para Jorge Tomás Henriques, presidente da FIPA, «estes números são o reflexo dos esforços da indústria alimentar e das bebidas e o confirmar de uma tendência de crescimento que já vínhamos a assinalar». O facto de se ter alcançado o «grande objectivo» de ultrapassar os 5.000 M€ em exportações, «conforme previsto pela FIPA», acrescenta Jorge Tomás Henriques, «revela a qualidade e a diferenciação dos produtos alimentares portugueses».

Quinta_Bacalhoa_049

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Governo dos Açores já pagou 700 mil euros a 300 agricultores afetados pela seca de 2018
Próximo Portugal Fresh leva cinco empresas à Índia

Artigos relacionados

Últimas

Abate de bovinos nos Açores cresceu 4,1% nos primeiros sete meses do ano

O abate de bovinos nos Açores registou um crescimento de 4,1% nos primeiros sete meses do ano em comparação com o período homólogo, […]

Nacional

Plano para evitar fogos em Pedrógão violava lei e calculava mal o risco

[Fonte: TSF] Ofícios e avaliações do Instituto da Conservação da Natureza e Floresta (ICNF) revelam as razões para Pedrógão Grande não ter o obrigatório plano de defesa da floresta no dia do fogo que matou 66 pessoas. […]

Dossiers

Previsão de longo prazo – 09 dez. a 05 jan. 2020

Precipitação total com valores abaixo do normal e temperatura média semanal com valores acima do normal […]