Incêndios: Municípios alentejanos pedem audiência ao ministro da Administração Interna

Incêndios: Municípios alentejanos pedem audiência ao ministro da Administração Interna

 Segundo os autarcas, a decisão “errada” de retirar aquele equipamento ao Centro de Meios Aéreos de Moura advém das orientações da Diretiva Operacional Nacional n.º 2, aprovada pela Comissão Nacional de Proteção Civil e encontra-se em vigor desde 28 de abril.

 Em comunicado, o presidente da Câmara Municipal de Moura, Álvaro Azedo (PS), sublinha que “a presença deste meio aéreo tem contribuído para a preservação da floresta e da paisagem agrícola” dos quatro municípios e que “a região fica completamente desprotegida”.

 Os autarcas dos quatro concelhos do Baixo Alentejo apelam para uma “inversão” da decisão e lembram que o ataque inicial aos incêndios é “crucial” numa região onde as corporações de bombeiros distam “em média 30 quilómetros” entre si, podendo contribuir para o agravamento dos cenários que os operacionais vão encontrar quando chegam ao local do fogo.

Álvaro Azedo adianta que nos últimos três anos a câmara fez “um conjunto de benfeitorias” nas instalações do Centro de Meios Aéreos de Moura, pelo que a medida “contrasta com o empenho, compromisso e determinação dos autarcas” no apoio à estrutura sediada junto à barragem de Alqueva.

“Com tanto investimento que temos feito, parece-nos completamente disparatado, não só pelo território, que é o mais importante, mas também pelas condições que o Centro de Meios Aéreos de Moura oferece às equipas operacionais” o ato de retirar o meio aéreo, concluiu Álvaro Azedo em declarações à assessoria de imprensa da Câmara Municipal de Moura.

SYL // SR

Continue a ler este artigo na Visão.

Comente este artigo
Anterior Covid-19: Especialistas em Engenharia Alimentar elaboram guia de boas práticas alimentares
Próximo WCO apresenta previsão de colheita de citrinos no Hemisfério Sul para 2020

Artigos relacionados

Últimas

Mais de 4200 fogos e 7800 hectares de área ardida desde início do ano

Este ano já se registaram mais de 4200 incêndios rurais e a área ardida ultrapassa os 7800 hectares, segundo dados provisórios divulgados esta terça-feira pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). […]

Eventos

Webinar “Desenvolvimento dos Territórios Rurais: Passado, Presente e Futuro” – 4 dezembro 2020

A Dolmen promove, no próximo dia 4 de dezembro, o webinar “Desenvolvimento dos Territórios Rurais: Passado, Presente e Futuro”, no âmbito do qual serão apresentados os resultados […]

Últimas

Até 30 de Setembro arderam 64.972 hectares, mais 57,3% que em 2019

A base de dados nacional de incêndios rurais regista, no período compreendido entre 1 de Janeiro e 30 de Setembro de 2020, um total de 8.968 incêndios rurais que resultaram em 64.972 hectares de […]