Incêndios: Mais de 9.000 militares envolvidos este ano em ações de prevenção

Incêndios: Mais de 9.000 militares envolvidos este ano em ações de prevenção

Mais de 9.000 militares estiveram envolvidos, entre 18 de julho e 15 de outubro, em ações de vigilância das florestas e prevenção de incêndios rurais, anunciou hoje o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA).

Em comunicado, o EMGFA precisa que 9.156 militares da Marinha e do Exército realizaram 3.052 patrulhas de vigilância das florestas e sensibilização da população, numa ação de apoio ao Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

Segundo o EMGFA, os militares efetuaram, em média, 36 patrulhas diárias, 32 das quais efetuadas pelo Exército e quatro pela Marinha, em 20 áreas de atuação nas quais o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas tem responsabilidade.

A participação dos militares na prevenção de incêndios decorre ao abrigo do protocolo ‘Faunos’, celebrado em 2017 entre as Forças Armadas Portuguesas e o ICNF e que contempla a realização de patrulhas por militares na vigilância das áreas mais sensíveis da floresta e na sensibilização da população para a necessidade de adotar comportamentos adequados à prevenção dos fogos.

O EMGFA refere ainda que o ICNF disponibilizou 36 viaturas para esta missão das Forças Armadas.

Este ano o número de incêndios diminuiu, mas a área ardida aumentou cerca de 60% em relação ao mesmo período de 2019, tendo deflagrado 8.807 fogos que consumiram 66.116 hectares.

Comente este artigo
Anterior Comissão adota a estratégia da UE para o metano, no âmbito do Pacto Ecológico Europeu
Próximo FAO implementa 18 projetos em Angola no valor de 31 milhões de euros

Artigos relacionados

Últimas

Bioeconomia como resposta para um futuro mais sustentável

Estudo mostra as potencialidades da bioeconomia como motor da indústria, através da criação de novos produtos a partir de recursos nacionais, […]

Fitotema

Fito-Entrevista a Nuno Russo, Secretário de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Rural

1. De que forma pensa o Ministério contribuir para manter e assegurar a crescente importância e visibilidade que a Agricultura Portuguesa […]

Últimas

PCP questiona Governo sobre olival intensivo em Avis

O PCP manifestou-se preocupado com as condições ambientais da albufeira do Maranhão, em Avis, na sequência do surgimento de mais de 2.600 […]