Incêndio em Odemira com duas frentes ativas mobiliza mais de 220 operacionais

O incêndio florestal que deflagrou esta terça-feira à tarde no concelho de Odemira (Beja) tinha duas frentes ativas, cerca das 22h00, e estava a ser combatido por 229 operacionais, apoiados por 75 veículos, disse fonte da Proteção Civil.

A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja indicou à agência Lusa que o incêndio está a devastar uma área de pasto, mato, eucaliptos, sobreiros e medronheiros, na zona de São Luís.

Segundo a mesma fonte, o alerta foi dado às 14h04 e no combate às chamas estão envolvidos bombeiros de várias corporações dos distritos de Beja, Setúbal, Faro, Évora e Portalegre. Durante a tarde estiveram também a combater o fogo, sete meios aéreos, quatro aviões e três helicópteros, adiantou a fonte do CDOS.

O artigo foi publicado originalmente em Expresso.

Comente este artigo
Anterior Produção nacional substitui importações
Próximo Fogo em Valongo dominado e trânsito na A 41 normalizado

Artigos relacionados

Notícias PAC pós 2020

Von der Leyen exclui cortes na coesão. “É bom investir nas empresas saudáveis em Portugal”

Em entrevista à SIC, a presidente da Comissão Europeia explicou que Bruxelas poderá emitir dívida nos mercados para financiar investimento na […]

Últimas

Barragem do Fridão não avança

O ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, anunciou nesta terça-feira, na Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território, […]

Últimas

Incêndios: PJ deteve suspeitos fogo posto em Valpaços e Chaves

A Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real disse, em comunicado, que um pastor de 31 anos foi detido esta madrugada pela suspeita de ter ateado, […]