Incêndio em Odemira com duas frentes ativas mobiliza mais de 220 operacionais

O incêndio florestal que deflagrou esta terça-feira à tarde no concelho de Odemira (Beja) tinha duas frentes ativas, cerca das 22h00, e estava a ser combatido por 229 operacionais, apoiados por 75 veículos, disse fonte da Proteção Civil.

A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja indicou à agência Lusa que o incêndio está a devastar uma área de pasto, mato, eucaliptos, sobreiros e medronheiros, na zona de São Luís.

Segundo a mesma fonte, o alerta foi dado às 14h04 e no combate às chamas estão envolvidos bombeiros de várias corporações dos distritos de Beja, Setúbal, Faro, Évora e Portalegre. Durante a tarde estiveram também a combater o fogo, sete meios aéreos, quatro aviões e três helicópteros, adiantou a fonte do CDOS.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Expresso .

Anterior Produção nacional substitui importações
Próximo Fogo em Valongo dominado e trânsito na A 41 normalizado

Artigos relacionados

Sugeridas

MAI e Agricultura são os únicos ministérios com cortes orçamentais

[Fonte: Sol]
Entre os 16 ministérios do governo apenas duas tutelas vão sofrer um corte nas verbas disponíveis para 2019: o Ministério da Administração Interna (MAI) e o Ministério da Agricultura, […]

Nacional

Cultivares de oliveira: Cornicabra

Cordeiro, A.M.; Calado, M.L.; Morais, N.; Miranda, A. & Carvalho, M.T. (1)
INRB / L-INIA / URGEMP
Aspectos Gerais
Disseminação: Beira Alta e Trás-os-Montes. […]

Últimas

Proibição de circular na Serra de Sintra prolongada até final de sábado

Na quarta-feira, a Câmara Municipal de Sintra, no distrito de Lisboa, tinha determinado a interdição do trânsito na Serra de Sintra entre as 00:00 de quinta-feira e as 23:59 de sexta-feira. […]