HACCP no Sector Primário – 3 de Fevereiro 2018 – Paredes

HACCP no Sector Primário – 3 de Fevereiro 2018 – Paredes

A Nincentivos promove a realização da ação de formação: “HACCP no Sector primário”, que terá a duração de 8 horas.  A decorrer na Quinta da Sobreira nos dia 03 de Fevereiro, pelas 09.30. Esta iniciativa tem como objetivo despertar os produtores para a necessidade do cumprimento legal de regras em matéria de segurança alimentar e boas práticas de higiene.Para mais informação consulte a página da Nincentivos.”

Objetivos específicos:

-Conhecer a legislação aplicável mais relevante nesta atividade;

-Integrar conceitos fundamentais de Qualidade, Higiene e Segurança Alimentar;

-Identificar potenciais perigos presentes nos alimentos e fontes de contaminação;

-Conhecer os procedimentos ao nível das regras de higiene;

-Conhecer as principais regras e cuidados a ter na receção, armazenagem/conservação, preparação, confeção e distribuição dos produtos alimentares em causa;

-Conhecer o programa de Pré-Requisitos para a implementação do Sistema HACCP;

-Conhecer as etapas para implementação do Plano HACCP;

-Informação obrigatória ao consumidor;

-Reconhecer a importância do referencial GLOBALGAP.

Inscrição aqui

Comente este artigo
Anterior PSD defende verbas iguais para regiões ultraperiféricas no pós-2020
Próximo Oferta de emprego - Gestor Comercial - Lisboa

Artigos relacionados

Nacional

Militares patrulham áras florestais mais sensíveis até 30 de Setembro

As Forças Armadas começaram a patrulhar as áreas mais sensíveis da floresta e sensibilizar a população para a prevenção dos fogos, […]

Nacional

Fileira Europeia da Castanha reuniu em Portugal e pediu mais apoio para aumentar a produção

O apelo foi lançado durante o X Encontro Europeu da Castanha, decorrido em Trancoso e Penedono, entre os dias 12 e 13 de setembro de 2019, […]

Últimas

Portugal e a produção de leite – até quando ficaremos na cauda da Europa?

O que irá acontecer com a produção de leite no futuro? Numa Europa de 28 é aceitável que Portugal seja o país da União Europeia com o MENOR preço pago ao produtor, […]