Grupo RAR vende estufas de tomate

Grupo RAR vende estufas de tomate

O Grupo RAR, que detém a marca Vitacress, vendeu as suas estufas de tomate em Portugal e Espanha e irá dedicar-se ao negócio das saladas e das ervas aromáticas. De acordo com o Jornal de Negócios, o negócio do açúcar tem tido prejuízos, levando a holding a alienar as suas explorações de tomate em Alcochete e Marbella para gerar cash flow.

A empresa já tinha apostado na produção de tomate em 2013, uma experiência que acabou por não ser bem-sucedida, mas na qual voltou a investir há três anos com a integração destas explorações que agora foram vendidas.

Em Portugal, a companhia vai continuar a cultivar folhas de salada, agrião e ervas aromáticas frescas no Alentejo e no Algarve, unidades que complementam as explorações em Espanha e Inglaterra.

Em 2018, o Grupo RAR registou um aumento de 3,6% no volume de negócios, com o EBITDA a situar-se nos 63 milhões de euros. O resultado líquido subiu para 9,8 milhões de euros e as vendas líquidas consolidadas ultrapassaram os 785 milhões de euros. De acordo com o Jornal de Negócios, a Colep continua a ser a empresa mais significativa dentro do Grupo RAR, com um peso de 55% nas vendas.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior Conservacionistas lançam aliança ibérica para salvar o Montado
Próximo O que é que a Mercadona vai fazer de diferente na relação com os produtores?

Artigos relacionados

Nacional

GO FitoAgro aprofunda conhecimento sobre Cochonilha Algodão

O dia aberto do Grupo Operacional FitoAgro vai ter lugar no dia 3 de outubro, no auditório da Frutus, no Peral, […]

Internacional

Climate change poses mixed consequences for agriculture: Conservation International study concludes global warming will make farming possible in regions important for biodiversity and carbon storage

Future farming in regions that were previously unsuitable for agriculture could significantly impact biodiversity, water resources, and greenhouse […]

Dossiers

CNA preocupada com as ajudas da PAC aos Agricultores

A CNA apresentou à Exmª Senhora Ministra e ao Conselho Directivo do IFAP, um conjunto de medidas de simplificação das condições processuais []