Governo vai pagar a proprietários para arrancarem eucaliptos

Governo vai pagar a proprietários para arrancarem eucaliptos

[Fonte: Público]

Primeira fase do Programa de Remuneração dos Serviços de Ecossistemas em Espaços Rurais avança segunda-feira nas áreas piloto da Serra do Açor e do Parque Natural do Tejo Internacional, duas áreas que a tutela considera paradigmáticas dos problemas que a floresta enfrenta em Portugal.

Mesmo na recta final da legislatura, o Governo vai assinalar com 3,7 milhões de euros a forma como quer promover uma alteração estrutural na ocupação e gestão dos espaços rurais, incluindo áreas florestais. Reconhecendo que esta transformação não será possível sem investimento público, o Fundo Ambiental vai financiar os produtores florestais que arranquem os eucaliptos de baixa produção em 500 hectares do Parque Nacional do Tejo Internacional e avancem para uma reflorestação com espécies autóctones, nomeadamente montado de sobro e azinheira. Da mesma forma, e dentro do mesmo instrumento, vai apoiar a recuperação de uma parte da área florestal ardida em 2017 na Serra do Açor, promovendo uma reorganização da propriedade e uma gestão mais profissional da floresta.

Comente este artigo

O artigo Governo vai pagar a proprietários para arrancarem eucaliptos foi publicado originalmente em Público.

Anterior A política florestal explicada em futebolês - Paulo Pimenta de Castro
Próximo “A transformação de solos que é necessária não se faz sem investimento”

Artigos relacionados

Últimas

Governo prolonga estado de alerta até terça-feira devido ao risco de incêndio

[Fonte: Público]

O Governo prolongou a declaração de situação de alerta, em vigor até ao final do dia de domingo, […]

Últimas

Moniliose na cerejeira. Atenção à chuva no final da floração

[Fonte: Voz do Campo]

As cerejeiras estão em plena floração, verificando-se já o início da queda das pétalas. […]

Últimas

Grupo de Trabalho – Estenfiliose – Ponto da situação

[Fonte: Voz do Campo]

IntroduçãoNos últimos anos, nomeadamente em 2015 e 2016, o fungo Stemphylium vesicarium (Wallr.) E.Simmons, […]