Governo regulamenta estatuto do jovem empresário rural

Governo regulamenta estatuto do jovem empresário rural

[Fonte: MAFDR] Foi hoje publicada a Portaria que regulamenta a atribuição do título de Jovem Empresário Rural (JER) e que define as zonas rurais para efeitos dessa mesma atribuição. O título pode ser concedido a pessoas singulares, entre os 18 e os 40 anos e a pessoas coletivas, constituídas como micro ou pequenas empresas, que exerçam ou pretendam iniciar uma atividade económica em zona rural.

De acordo com a portaria, o pedido de reconhecimento de JER deve ser dirigido à Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR). O título é válido por três anos, podendo ser renovado se se mantiverem as respetivas condições de atribuição. 

O título de JER permite o acesso a um conjunto de medidas de discriminação positiva e de caráter facilitador. Entre as medidas de discriminação positiva, estão a abertura de concursos e de apoios específicos, majorações na atribuição de apoios e a criação de linhas de crédito e de benefícios fiscais específicos. No âmbito das medidas de carácter facilitador, o JER terá ainda acesso prioritário a iniciativas de redes de estímulo e apoio ao empreendedorismo, a  centros de incubação e aceleração de empresas e a formação profissional específica.

A publicação da portaria surge na sequência do Decreto-lei nº 9/2019 de 18 de janeiro que consagra o estatuto de Jovem Empresário Rural. O Governo pretende, desta forma, promover a instalação e a fixação de jovens empreendedores em zonas rurais, a criação de emprego e a diversificação da base económica regional, contrariando o progressivo despovoamento do mundo rural, o abandono de terras e a ausência de preservação dos recursos naturais e do património cultural e natural.

As zonas rurais onde poderão ser exercidas as atividades económicas constam do anexo da portaria e correspondem às que estão definidas no Programa de Desenvolvimento Rural (PDR2020).

Comente este artigo
Anterior Estatuto de Jovem Empresário Rural está regulamentado
Próximo Porto Santo pode vir a ter uma reserva da biosfera

Artigos relacionados

Internacional

Lechugas cultivadas por robots, la agricultura del futuro llega a Japón

[Fonte: La Vanguardia]
En la reunión de ministros de Agricultura del G7 en Niigata (abril de 2016), se debatió sobre la próxima generación de agricultores. La media de edad de los trabajadores en el campo en gran parte del mundo es alta y sigue creciendo. Este crecimiento, […]

Sugeridas

Governo apoia “exclusivamente”proprietários que cumpram regras de ordenamento florestal

O Ministério da Agricultura diz que o processo de reflorestação da região Centro vai ter que obedecer à legislação em vigor, indicando que esta é “condição indispensável” à obtenção de apoio por parte dos proprietários afetados pelos incêndios.

Comente este artigo

#wpdevar_comment_3 span,#wpdevar_comment_3 iframe{width:100% !important;} […]

Comunicados

Sector Agrícola em encontro nacional para debater Agricultura Inteligente

20 de novembro 2018
A ANIPLA, a Associação Nacional da Indústria para a Proteção das Plantas, anuncia a realização do seu simpósio anual, no próximo dia 27 de novembro, no Convento de São Francisco, em Coimbra.
A edição deste ano é dedicada ao tema da “Agricultura Inteligente” e conta com a presença de alguns dos mais reputados especialistas nacionais em agricultura e alimentação, […]