Feira Rural de Torres Vedras retorna à Cidade…

Feira Rural de Torres Vedras retorna à Cidade…

[Fonte: Gazeta Rural]

Depois de ter ido passear à praia em agosto, a Feira Rural de Torres Vedras regressa em setembro à cidade…

Assim, no próximo dia 7, as cores, cheiros e sabores deste evento “invadem” mais uma vez o centro de Torres Vedras, entre as 8h e as 17h.

Em cerca de 250 bancas poder-se-á adquirir produtos típicos do concelho de Torres Vedras e da região Oeste, nomeadamente: hortícolas; frutícolas; produtos certificados de agricultura biológica; flores; plantas aromáticas; produtos regionais e tradicionais; pastel de feijão de Torres Vedras; gastronomia e doçaria tradicional; pão, queijos e enchidos; vinhos; licores; mel; azeite; artesanato contemporâneo e tradicional; antiguidades; velharias; e artigos de colecionismo e numismática.

A principal novidade este ano da Feira Rural de Torres Vedras é, recorde-se, a extensão do evento à Praça Machado Santos (vulgarmente conhecida como “Praça da Batata”), onde, no âmbito no mesmo, é precisamente comercializado este produto agrícola, por alusão à história desse espaço. Aí poder-se-á não só adquirir este produto, mas também degustá-lo na Street Food “Fritaria” que irá disponibilizar, entre as 10h e as 16h, diferentes tipos de batata confecionada de várias formas. Animação não vai faltar no local, que contará com a atuação do grupo Multibancos, das 11h30 às 12h30 e das 15h às 16h.

Para além desta animação musical, haverá mais nesta edição da Feira Rural, de caráter etnográfico, a levar a cabo pelo Rancho Folclórico da Silveira, entre as 10h e as 11h, e o Rancho Folclórico Danças e Cantares de Campelos, das 14h30 às 15h30.

No Largo de S. Pedro continua a funcionar um espaço dedicado à gastronomia tradicional, onde chefs de quatro restaurantes do concelho de Torres Vedras proporcionam vários pratos que constituem a oferta regular dos mesmos.

Para as crianças continua a ser proporcionado, de manhã, o Passeio de Burritos, bem como, durante o dia, um serviço de baby sitting, na Praça do Município.

Será ainda disponibilizado aos visitantes um comboio turístico que circulará gratuitamente num trajeto próximo à feira.

A Feira Rural de Torres Vedras é uma organização do Município de Torres Vedras e terá este ano a sua última edição no primeiro sábado de outubro.

Mais informações sobre esta iniciativa, que desde 2005 traz o melhor do campo à cidade, podem ser obtidas pelos números de telefone: 261 094 746; ou pelo e-mail: feira.rural@promotorres.pt.

Comente este artigo

O artigo Feira Rural de Torres Vedras retorna à Cidade… foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Anterior Incêndios: Portugal com menos 8.719 hectares de área ardida do que em 2018
Próximo Alterações climáticas: o que acontecerá à produção mundial de banana?

Artigos relacionados

Últimas

Inquérito: A tecnologia torna a agricultura na sua região mais inteligente?

[Fonte: Rede Rural Nacional] A Comissão Europeia publicou online um questionário com o objetivo de catalogar o uso de tecnologias de Agricultura de Precisão da perspectiva das Autoridades Públicas (Ministérios Agrícolas, departamentos agrícolas em Regiões, Autoridades de Desenvolvimento Rural, Organismos Pagadores etc.) e operadores do Sistema de Assessoria Agrícola em todos 28 Estados-Membros da UE, […]

Sugeridas

Identificação eletrónica de Bovinos passa a ser considerada identificação oficial

[Fonte: Voz do Campo]
A partir de 18 de julho, os bovinos passam a dispor da possibilidade de identificação eletrónica (IDE) como forma oficial de identificação dos animais
No cumprimento das disposições comunitárias, a Identificação Eletrónica de Bovinos (IDE) passa a ser considerada uma identificação oficial a partir de Julho. […]

Nacional

CDS questiona Governo sobre futuro do VITIS

Numa pergunta dirigida ao Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, os deputados do CDS-PP Patrícia Fonseca, Ilda Araújo Novo e Hélder Amaral querem saber o que vai o Governo fazer para financiar as reconversões da vinha nesta e na próxima campanha.
Os deputados colocam ao ministro quatro questões:

O concurso que decorreu no final do ano 2017 foi ao abrigo do anterior ou do novo período de programação? […]