Incêndios: Portugal com menos 8.719 hectares de área ardida do que em 2018

Incêndios: Portugal com menos 8.719 hectares de área ardida do que em 2018

Em comunicado, o MAI sublinha que o ano de 2019 apresenta, até ao dia 31 de agosto, o segundo valor mais reduzido em número de incêndios e o segundo valor mais reduzido de área ardida desde 2009.

Segundo a nota, a base de dados nacional de incêndios rurais registou, até ao momento, um total de 8.156 incêndios rurais, que resultaram em 28.205 hectares de área ardida, traduzindo-se em menos 8.719 hectares de área ardida e menos 369 incêndios rurais face a 2018.

“Comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos últimos 10 anos, registaram-se menos 45% de incêndios rurais e menos 70% de área ardida”, destaca a nota do MAI.

A tutela refere ainda que o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais 2019 (DECIR) “está na sua máxima capacidade, contando com o maior número de operacionais de sempre”.

“Entre 01 de junho e 15 de outubro (Nível de Empenhamento IV), o DECIR conta com 11.492 operacionais, dos quais 5.729 são bombeiros, apoiados por 2.495 veículos”, apontam, acrescentando que o dispositivo deste ano foi incrementado com 82 novas Equipas de Intervenção Permanente dos Corpos de Bombeiros e com 132 militares.

“Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio florestal, o MAI apela para a “adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução na utilização do fogo em espaços rurais”.

O artigo foi publicado originalmente em SAPO 24.

Comente este artigo
Anterior Capoulas apela a pastores: não façam queimadas extensivas. Plano de apoio em curso
Próximo Feira Rural de Torres Vedras retorna à Cidade…

Artigos relacionados

Nacional

ICNF volta a promover Mercado de Natal das Áreas Protegidas

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas convida pela 5.ª vez os aderentes da marca Natural.PT, marca do ICNF, […]

Sugeridas

Fabricantes investigam ingredientes alternativos e sustentáveis para alimentação animal

[Fonte: Observador] Portugal importa cerca de 80% da matéria-prima para o fabrico de alimentação animal. Uma associação investiu 250 mil euros em investigação para substituir os ingredientes de rações em Portugal. […]

Últimas

Mação. Autarca diz que arderam três mil hectares. “Está em risco de desaparecer o que sobrou de 2017”

Os três incêndios no distrito de Castelo Branco provocaram sete feridos ligeiros e um grave.
O vice-presidente da Câmara de Mação disse este domingo à agência Lusa que as chamas já consumiram três mil hectares de floresta e que está em risco de desaparecer o que sobrou dos incêndios de 2017. […]