Esquema regulamentar de proteção das Indicações Geográficas no Reino Unido

Esquema regulamentar de proteção das Indicações Geográficas no Reino Unido

O Reino Unido pretende criar, no quadro do relacionamento futuro com a UE, um esquema regulamentar de proteção das Indicações Geográficas, de acordo com as regras da Organização Mundial do Comércio, para os seguintes produtos:

  •   Alimentos, bebidas e produtos agrícolas (incluindo cerveja, cidra e perada);
  •   Bebidas espirituosas;
  •   Vinho;
  •   Vinho aromatizado.

Conforme definido no Acordo de Saída, as Indicações Geográficas da UE registadas até ao final do período de transição (31 de dezembro de 2020) continuarão protegidas naquele mercado.
Informação mais detalhada pode ser consultada no site da DGADR e no site do Reino Unido.

Comente este artigo
Anterior UE alerta: há sementes de sésamo provenientes da Índia com níveis de óxido de etileno 1.000 vezes superiores ao permitido
Próximo UE prepara estratégia pós-2020 para a floresta

Artigos relacionados

Sugeridas

Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Novembro de 2019

Previsões Agrícolas

As previsões agrícolas, em 31 de outubro, apontam para aumentos
significativos na produção de maçã (+35%, face à campanha anterior) e de
amêndoa (+55%), […]

Últimas

Vila Pouca de Aguiar: Investimento de 1 milhão de Euros em projeto de agricultura ‘em modo de espera’


Rui Barrela é um aguiarense que em parceria com mais dois jovens tem previsto investir cerca de 1 Milhão de Euros numa produção de morangos no vale de Aguiar. […]

Nacional

Vinhais com mais de 900 mil euros para combate a doenças do castanheiro

O município de Vinhais obteve a aprovação, aguardada há um ano e meio, de uma candidatura a fundos comunitários que garante mais de 900 mil euros para o combate às doenças do […]