Deputado do PS diz que vota contra o Orçamento do Estado se a taxa sobre celuloses avançar

Deputado do PS diz que vota contra o Orçamento do Estado se a taxa sobre celuloses avançar

Depois de o Ministro do Ambiente ter assumido que a taxa sobre as celuloses foi um tema que lhe “escapou” no Orçamento do Estado, Ascenso Simões diz que vota contra se esta for incluída.

O deputado socialista Ascenso Luís Simões afirmou no Twitter que vai votar contra o Orçamento do Estado se a taxa sobre as celuloses for acrescentada ao documento. O comentário surge um dia depois de o ministro do Ambiente e Alteração Climáticas, João Matos Fernandes, ter assumido que o tema lhe “escapou” mas que, se algum partido propuser a taxa, esta poderá ser adicionada.

https://twitter.com/ascenso_simoes/status/1217429600109809664?s=20

No Twitter, o deputado escreve: “A taxa sobre celuloses não está no OE a que me vinculo. Se algum partido a propuser e o PS a apoiar eu votarei contra. #oe2020”

Esta terça-feira, no debate da proposta orçamental que decorreu no Parlamento, João Matos Fernandes afirmou que a autorização legislativa seria cumprida. 

Continue a ler este artigo no Observador.

Comente este artigo
Anterior Oficina de produção de cogumelos, no Mercado de Inverno, em Abrantes - 1 de fevereiro
Próximo União Europeia adota medidas para proteger vinhos europeus de tarifas adicionais dos Estados Unidos

Artigos relacionados

Eventos

Farmer’s Pride International Conference: Ensuring diversity for food and agriculture – Plant genetic resources in nature and on-farm – 28 de junho a 1 de julho

Farmer’s Pride, in association with the European Association for Research on Plant Breeding – Genetic Resources Section, and the European Cooperative Programme for […]

Últimas

Promulgado diploma do Governo que estabelece modelo de governação

Está publicado em Diário da República o Decreto-Lei que estabelece o modelo de governação dos fundos europeus atribuídos a Portugal através do Plano de Recuperação e Resiliência […]

Nacional

Política Agrícola Comum – uma reforma para o futuro – Isabel Estrada Carvalhais

Num tempo de emergência ambiental, é compreensível que muitos desejassem um compromisso ainda maior da PAC sobre esta matéria. Mas será correto dizer-se que esta PAC deita por terra as […]