Crédito Agrícola prepara prémios para projectos agrícolas inovadores

Crédito Agrícola prepara prémios para projectos agrícolas inovadores

O Crédito Agrícola, a INOVISA e a Rede Rural Nacional unem-se novamente para implementar a 6ª edição do Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola, que pretende premiar o que de melhor se faz no sector agrícola, agro-industrial e florestal em Portugal.

A 6ª edição deste concurso foi apresentada no passado dia 27 de Abril, na Ovibeja, e premiará os projectos mais inovadores, ligados ao meio rural e desenvolvidos no nosso País, e que se enquadrem nas categorias de “Produção, Transformação e Comercialização”, “Desenvolvimento Rural” e “Jovem Empresário Rural”.

Haverá ainda duas distinções de reconhecimento especial designadas de “Inovação em Parceria: Grupos Operacionais” e “Projecto de Elevado Potencial promovido por Associado Crédito Agrícola”.

A avaliação dos projectos candidatos a concurso será efectuada por oito jurados de base e por um elemento adicional, diferenciado para cada categoria e para a distinção “Inovação em Parceria: Grupos Operacionais”.

Os principais critérios de avaliação dos projectos candidatos baseiam-se no grau de inovação, no potencial de mercado e na sustentabilidade económica, social e ambiental dos trabalhos a concurso. O júri vai premiar cada categoria e distinção com um valor de 5.000 euros, o que perfaz um total de prémios no valor de 25.000 euros.

As candidaturas elegíveis a concurso devem incidir sobre produtos, serviços, métodos organizacionais ou de marketing inovadores, directa ou indirectamente, relacionados com os sectores agrícola, agro-industrial e florestal.

Com o mote “O Futuro Nasce no Presente”, as candidaturas para o concurso estão abertas até 26 de Julho de 2019.

A inscrição é gratuita e os interessados devem formalizar a candidatura através de um formulário disponível aqui, onde podem também encontrar mais informações e o regulamento do concurso.

Este é o sexto ano consecutivo que o Crédito Agrícola apoia os empreendedores e os seus projectos inovadores numa iniciativa que pretende contribuir para a modernização, a competitividade e o crescimento do sector agrícola em Portugal.

Notícias relacionadas

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Anterior Preço dos produtos locais é obstáculo ao consumo, diz estudo
Próximo 37ª Ovibeja vai reforçar a comunicação e o conhecimento sobre a agricultura e o mundo rural

Artigos relacionados

Nacional

Bio região da Margem Esquerda do Guadiana criada

[Fonte: Rádio Campanário] Foi assinado hoje, dia 25 de outubro, o documento que oficializa a criação da Bio Região da Margem Esquerda do Guadiana (MEG), […]

Nacional

Investigação da Universidade de Aveiro. Musgos têm papel essencial na gestão de solos queimados

Os musgos têm um papel fundamental na conservação do solo afectado por um incêndio florestal e, por isso, o seu crescimento deve ser estimulado. […]

Nacional

Opinião: Contributos (VII) – Coimbra deve valorizar mais o setor industrial

Gil Patrão

Coimbra poderá ser muito mais que uma cidade apetecível para viver, e vir a ser um vetor ativo duma região de excelência se quem for eleito para liderar a Câmara for capaz de trabalhar de modo proativo e construtivo com os vereadores que representem outros partidos, […]