Cotações – Suínos – Informação Semanal – 18 a 24 Maio 2020

Cotações – Suínos – Informação Semanal – 18 a 24 Maio 2020

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

As cotações médias nacionais dos porcos classe E e classe S sofreram um decréscimo em relação à semana anterior, pela 9ª semana consecutiva, respetivamente -6 e -5 cêntimos / kg. Os leitões de 19-25 kg, cujo acompanhamento tinha sido retomado há duas semanas, também voltaram a cair, -7 cêntimos / kg. A situação dos leitões de <12 kg mantém-se, apesar de existirem algumas transações.

No Entre Douro e Minho a oferta e a procura de suínos para abate foram médias. Apesar disso, as cotações dos porcos classe E e classe S registaram um novo decréscimo, -6 cêntimos / kg, em ambos os casos.

Beira Litoral

Na Beira Litoral a oferta de suínos para abate foi média e a procura fraca. No que se refere ao leitão, a oferta foi fraca e a procura praticamente inexistente, pelo que continuou a não ser possível o estabelecimento de cotações. Alguns destes animais estão a ser direcionados para engorda. Mantém-se a redução de cotações dos porcos classe E e classe S, -5 cêntimos / kg.

Na Beira Interior a oferta de suínos para abate foi média e a procura fraca. Nova redução das cotações dos porcos classe E e classe S, -5 cêntimos / kg.

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste a oferta de suínos para abate foi média e a procura fraca. No que se refere ao leitão, a oferta foi fraca e a procura praticamente inexistente, pelo que não foi possível o estabelecimento de cotações. As cotações dos porcos classe E e classe S pautaram-se novamente pela redução, -5 cêntimos / kg.

Alentejo

No Alentejo a oferta de suínos para abate foi média e a procura relativamente fraca. No que se refere aos leitões de <12 kg a oferta foi fraca e a procura quase inexistente, pelo que se mantiveram sem cotações. Os leitões de 19-25 kg, cujo estabelecimento de cotações tinha sido retomado há duas semanas, sofreram uma nova redução, -7 cêntimos / kg. Novo decréscimo das cotações dos porcos classe E e classe S, -5 cêntimos / kg, em ambos os casos.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Lamborghini lança novos tratores compactos
Próximo Açores defendem manutenção do valor da taxa da disciplina financeira dos pagamentos directos do POSEI

Artigos relacionados

Últimas

Costa quer Portugal com “nova visão” a disputar fundos comunitários

O primeiro-ministro considerou esta sexta-feira essencial que Portugal tenha uma “visão inovadora” no acesso aos fundos comunitários, disputando cada vez mais as verbas da ciência e investigação de gestão centralizada e concorrencial, […]

Eventos

Ciclo de Eventos – Dinâmicas para a Inovação: Agroalimentar – 26 de junho

Setor agroalimentar investiu 528,2 M€ em Inovação & Desenvolvimento entre 2014 e 2018 […]

Últimas

Produção de leite nacional duplicou em três décadas

[Fonte: Vida Rural]
Entre 1980 e 2015, Portugal duplicou a sua produção de leite, que passou das 970 mil toneladas para 2 milhões de toneladas. […]