Cotações – Hortícolas – Informação Semanal – 24 a 30 Dezembro 2018

[Fonte: Agricultura e Mar - Cotações]

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Mercados de produção

Abóbora – Na região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. A oferta foi suficiente para a procura média e escoamento regular.

Agrião – Na região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. A oferta e a procura estiveram equilibradas e médias. Escoamento sem dificuldades.

Na Região Centro, na área de mercado, Beira Litoral, a oferta foi suficiente para a procura ligeiramente baixa, normal para a época. Cotações estáveis.

Alface – Na região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações mínimas e mais frequentes da alface frisada e lisa desvalorizaram devido à quebra da procura. Boa qualidade do produto. Saída de produto para Espanha.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi baixa e a procura alta devido às festas de fim de ano. As cotações não se alteraram.

No Algarve, a oferta de alface frisada de estufa continuou equilibrada com a procura média. Escoamento regular. Cotações estáveis. A oferta de alface de estufa “roxa” foi baixa mas a procura esteve média. Escoamento regular. Boa qualidade para todo o produto.

Alho-Francês – Na região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. Oferta equilibrada com a procura média. Escoamento sem dificuldades.

No Algarve, as cotações mantiveram-se estáveis. A oferta continuou baixa e foi suficiente para a procura. Escoamento fraco. Cotações estáveis.

Batata

Batata Doce – No Alentejo, na área de mercado Odemira, a oferta foi muito alta, assim com a procura. Cotações estáveis.

No Algarve, na área de mercado Aljezur, a procura esteve média. Boa qualidade do produto. Bom escoamento. Cotações estáveis.

Batata de Conservação – Na região Norte, na área de mercado, Chaves, o volume de transacções foi idêntico ao da semana anterior. As cotações não se alteraram.

Na Região centro, na área de mercado, Guarda, a oferta foi média e a procura média/baixa. Cotações estáveis..

Na área de mercado Viseu, a oferta continuou ligeiramente alta e a procura média. Cotações estáveis.

Batata Nova – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal (anteriormente Montijo), as cotações mantiveram-se estáveis. A procura continuou superior à oferta média. Escoamento normal para a época.

No Algarve, a oferta foi superior à procura baixa. Escoamento fraco devido à concorrência de produto de outras regiões e do estrangeiro. descida das cotações devido ao aumento da oferta.

Beringela – No Algarve, a oferta continuou equilibrada com a procura baixa. Escoamento fraco. Cotações estáveis.

Cebola

Cebola de Conservação – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. Oferta e procura médias. Boa qualidade do produto e escoamento sem dificuldades . Concorrência de produto espanhol.

Cebola Temporã – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal (anteriormente Montijo), as cotações mantiveram-se estáveis. Oferta média e procura alta. Escoamento normal.

Cenoura – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. A oferta foi suficiente para a procura média e o escoamento efectuou-se sem dificuldades.

Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal (anteriormente Montijo), a oferta continuou alta e a procura média. Cotações estáveis.

Na área de mercado Ribatejo (anteriormente Almeirim), a oferta foi média/baixa e a procura média/alta. Cotações sem alterações.

Cogumelos – Na Região Centro, na área de mercado Viseu, a oferta tem diminuído devido a problemas de frutificação relacionados com a descida da temperatura. A procura manteve-se alta . Produto de excelente qualidade. Cotações sem alterações.

Couves

Couves – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, registou-se uma descida das cotações para a couve “Penca” devido ao aumento da procura. Estabilidade para a couve “Repolho tipo coração”. A oferta foi suficiente para a procura. Boa qualidade do produto e escoamento sem dificuldades.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi média/ baixa e a procura forte. Subida da cotação mínima e da mais frequente da couve “Portuguesa” e estabilidade para a couve “Lombardo e Repolho”.

Couve “Brócolos” – No Algarve, a oferta foi suficiente para a procura média. Escoamento regular. Cotações estáveis.

Couve-Flor – No Algarve, a oferta foi média e equilibrou a procura. Escoamento regular. Cotações estáveis.

Curgete – No Algarve, a oferta aumentou (média/alta) e as cotações desceram. Procura baixa. Escoamento “aos poucos.

Espinafre

Espinafre – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. A oferta foi suficiente para a procura média. Boa qualidade do produto e o escoamento efectuou-se sem dificuldades.

Ervilha-Grão – No Algarve, a oferta foi suficiente para a procura média. Escoamento regular. Produto com razoável qualidade. Cotações estáveis.

Feijão-Verde – No Algarve, a oferta de feijão-verde “achatado direito estufa” aumentou e as cotações desceram. Procura média. Boa qualidade do produto e escoamento regular.

Grelo de Nabo – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. A oferta foi suficiente para a procura normal e o escoamento efetuou-se sem dificuldades. Boa qualidade do produto.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta ainda foi baixa e a procura animada, devido às festas de fim de ano. As cotações não se alteraram.

Nabiça

Nabiça – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. Oferta equilibrada com a procura média. Escoamento sem dificuldades. Boa qualidade do produto.

Nabo – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. Oferta equilibrada com a procura média. Escoamento efectuou-se sem dificuldades. O nabo roxo é o mais procurado e valorizado. Boa qualidade do produto.

Pepino – No Algarve, a oferta foi superior à procura baixa. Escoamento fraco. Cotações estáveis.

Pimento – No Algarve, a oferta do pimento verde e vermelho foi média e a procura também. Escoamento regular. Cotações estáveis.

Aromáticas

Plantas Aromáticas/Condimentares – No Algarve, a oferta de salsa frisada, manjericão, tomilho e cebolinho foi baixa e a procura média. Foram comercializadas em molhos de 0,3 Kg a 1,00 €/molho. A oferta de coentros, hortelã e de salsa, equilibrou a procura média. Bom escoamento. Foram comercializadas em molhos de 0,5 Kg e cotações de 1,00€/molho e com 1 kg a 2.00 €/Molho.

Tomate – No Algarve, a oferta de tomate “Cacho, Sulcado e Alongado” aumentou e as cotações desvalorizaram. Procura fraca. Escoamento “aos poucos. Boa qualidade do produto. Escoamento regular.

Mercados abastecedores

No Mercado Abastecedor do Porto, observou-se uma boa disponibilidade para a generalidade dos produtos acompanhados, com um oferta suficiente para o alho francês, batata, cenoura, couve brócolo, couve flor, couve lombardo, couve repolho tipo coração, pepinos e tomates.

A procura esteve boa, destacando-se a alface, batata, cebola, curgete, “diversas couves”, nabiças, grelos, pepinos e tomates.

Quanto aos produtos provenientes do exterior, registou-se a presença alho seco, batata, cebola, cenoura, pepino, pimento verde, pimento vermelho e tomate de Espanha, batata e cenoura de França.

Abóbora – Oferta suficiente, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Alface – Oferta suficiente para a alface frisada e lisa, boa procura, boa qualidade, sem dificuldade de escoamento e descida das cotações.

Alho

Alho Francês – Oferta suficiente, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Alho Seco – Oferta suficiente para o nacional e abundante para o importado de Espanha, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Batata de conservação – Oferta suficiente de produto nacional e importada de Espanha e França, boa procura, bom escoamento e manutenção das cotações.

Beterraba – Oferta suficiente, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Cebola

Cebola de conservação – Oferta suficiente de produto nacional e importada de Espanha, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Cenoura – Oferta suficiente para a nacional e para a importada de Espanha e França, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Cogumelo – Oferta suficiente, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Couves

Couves – Oferta suficiente para couve brócolo, flor, lombardo, penca, repolho tipo coração e roxa, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento, uma subida das cotações para a couve penca, uma descida das cotações para a couve brócolo, couve flor e couve repolho tipo coração, mantendo-se estabilizadas para as restantes.

Curgete – Oferta suficiente de produto nacional e importado de Espanha, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e descida das cotações.

Espinafres – Oferta suficiente, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Feijão-Verde

Feijão-Verde – Oferta suficiente importado de Marrocos, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Grelos – Oferta suficiente, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e subida das cotações.

Nabiças – Oferta suficiente, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e descida das cotações.

Nabo – Oferta suficiente, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e manutenção das cotações.

Pepino – Oferta suficiente para o nacional e importado de Espanha, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e descida das cotações.

Pimento

Pimento – Oferta suficiente para o nacional e importado de Espanha, de boa qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento, uma descida das cotações para o pimento vermelho de Espanha, mantendo-se estabilizadas para o pimento verde.

Tomate – Oferta suficiente para o nacional e para o importado de Espanha, de boa e razoável qualidade, boa procura, sem dificuldade de escoamento e descida das cotações.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo Cotações – Hortícolas – Informação Semanal – 24 a 30 Dezembro 2018 foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Anterior Anpromis: Oficina Técnica em Sistemas de Automação em Tractores Agrícolas na óptica de Sistemas de Agricultura de Precisão (Coruche, 28 de Janeiro de 2019)
Próximo Oferta de emprego - Ordenhador de vacas - Montemor-o-Novo

Artigos relacionados

Dossiers

Incêndios: Política de gestão florestal é “desastre” que prejudica proprietários, diz especialista

[Fonte: SAPO 24]
A política de gestão da floresta, desde os incêndios de 2017, tem sido “um desastre”, em que “o ónus cai todo em cima dos proprietários”, afirmou hoje o professor catedrático do Instituto Superior Técnico (IST) Clemente Vicente Nunes. […]

Últimas

Ministro da Agricultura defende olival intensivo com dados desactualizados

No início de Outubro, o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, divulgou um comunicado onde se insurgia contra o discurso “alarmista de alguns autarcas” do Baixo Alentejo, nomeadamente o presidente da Câmara de Serpa, que reclamavam do governante esclarecimentos sobre o impacto da cultura de olival intensivo, […]

Sugeridas

Governo abre novo mercado à exportação de pera Rocha

Está aberto mais um novo mercado para a pera Rocha. Os primeiros contentores, num total de 40 toneladas, seguem esta semana para o México, depois do Governo ter concluído todo o processo de controlo fitossanitário.
O mercado mexicano constitui um dos mais importantes mercados do continente americano, […]