Continente vai comprar 550 toneladas de cereja a produtores portugueses

Continente vai comprar 550 toneladas de cereja a produtores portugueses

O Continente prevê adquirir, ao longo de 2019, cerca de 550 toneladas de cereja portuguesa provenientes de cinco produtores portugueses – a Cerfundão (que agrupa cerca de 50 produtores), as Frutas Almério, a Cermouros, a Cereja S. Julião e a Quinta da Feitoria.

De acordo com a insígnia, “2019 é um ano de excelência para a cereja portuguesa, um dos ex-libris da produção nacional. Para além de ser um ano em que as condições meteorológicas favoráveis permitem uma das maiores produções dos últimos anos, foi também o ano em que aquela que é a mais conhecida das cerejas, a Cereja do Fundão, ganhou o estatuto de Indicação Geográfica.”

“De entre as diversas variedades de cereja disponíveis nas lojas Continente, destaca-se a proveniente do Fundão, que perfaz mais de metade da quantidade adquirida de cereja portuguesa”, explica ainda o Continente.

A Cereja do Fundão ganhou, no passado mês de março, o estatuto de Indicação Geográfica devido às suas particularidades associadas às condições geográficas e climatéricas da região. “As lojas Continente, por sua vez, vão dar destaque a esta conceituada variedade com a Cereja do Fundão 28+. Esta cereja tem um calibre maior (superior a 28 milímetros) e distingue-se pela sua doçura e sabor intensos”, conclui o Continente.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Anterior Frubis apresenta novos produtos
Próximo Fundo Florestal Permanente dá 10.000 euros para combater vespa asiática em Oleiros

Artigos relacionados

Nacional

As lições de Pedrogão Grande – 7 de Dezembro 2017 – Coimbra

Estão abertas, até 4 de dezembro, as inscrições para o seminário “As lições de Pedrogão Grande”, promovido pelo CEIF – Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais da Universidade de Coimbra (UC). […]

Sugeridas

Sociedade Civil: Seca

[Fonte: RTP2]

Nos últimos meses, 80% do país esteve em seca severa ou extrema. Especialistas nacionais já comparam o nosso clima ao do Norte de África. […]

Sugeridas

Junker diz não à revisão da diretiva das aves e habitats

[Fonte: Jornal Económico]  A Comissão Europeia confirma que as diretivas Aves e Habitats da UE serão mantidas inalteradas após uma campanha promovida por várias ONGAs europeias que conseguiu uma participação recorde dos cidadãos europeus. […]