Conclusões do 1º Congresso Ibérico do Milho 2019

Conclusões do 1º Congresso Ibérico do Milho 2019

O 1º Congresso Ibérico do Milho reuniu em Lisboa, a 13 e 14 de Fevereiro, 650 participantes de Portugal e Espanha e um painel de 35 prestigiados oradores que reafirmaram a importância da cultura do milho na agricultura de regadio do Sul da Europa, contribuindo para criar emprego, gerar desenvolvimento socioeconómico e fixar a população no território.

A Anpromis (Associação dos Produtores de Milho e Sorgo de Portugal) e a Agpme (Associação Geral dos Produtores de Milho de Espanha), entidades que coorganizaram este evento, concluem que:

  • O milho é uma das principais culturas de regadio na Península Ibérica, ocupando uma área que ronda os 650 mil hectares.
  • O 1º Congresso Ibérico do Milho constituiu um primeiro passo muito relevante para a criação de uma plataforma de diálogo, partilha de conhecimento e defesa conjunta dos interesses dos produtores de milho de Portugal e Espanha, tanto nas instâncias nacionais, como europeias.
  • O milho, reconhecidamente, encontra-se entre as culturas que melhor rentabilizam o uso dos fatores de produção, nomeadamente a água e a energia.
  • O milho produzido na Península Ibérica é reconhecido pela sua qualidade e tem uma importância primordial na alimentação humana e animal, dos nossos dois países.
  • As culturas de regadio, e em concreto o milho, contribui de forma notória para fixar as populações no território rural dos países do sul da Europa, criando emprego e desenvolvimento socioeconómico.
  • A importância que a agricultura de regadio tem na preservação da paisagem Ibérica e no ordenamento do seu território, tem de ser compensada através da criação de serviços de ecossistemas adaptados à realidade dos nossos dois países.
  • Portugal e Espanha têm de defender de uma forma desassombrada o regadio tanto a nível nacional, como europeu.
  • O apoio a iniciativas que privilegiem não só o uso eficiente da água, como a reabilitação e a construção de novos sistemas de armazenamento deve constituir uma aposta conjunta dos nossos dois países.
  • Os produtores de milho estão conscientes dos desafios que se lhes colocam no âmbito da adaptação às alterações climáticas, o que poderá passar inclusivamente pela criação de um Observatório Ibérico que aprofunde os conhecimentos que temos nesta matéria.
  • As ambiciosas metas previstas no âmbito do Acordo de Paris, obrigam a uma significativa redução das emissões de gases com efeito de estufa, que só é possível atingir se existir uma significativa aposta na inovação e na adopção de novas tecnologias que permitem um uso cada vez mais eficiente dos recursos naturais, nomeadamente da água e do solo.
  • É imperioso que Portugal e Espanha garantam a manutenção dos atuais níveis de financiamento comunitário no âmbito da Política Agrícola Comum pós 2020, por forma a contribuir para a competitividade da cultura do milho nos nossos dois países e manter a necessária coesão do seu território.

Lisboa, 14 de Fevereiro de 2019

Produtores ibéricos de milho reúnem para debater o clima e competitividade

1º Congresso Ibérico do Milho reúne 632 agricultores e técnicos agrícolas em Lisboa a 13 e 14 de Fevereiro

Comente este artigo
Anterior ADP Fertilizantes lança nova linha de fertilizantes
Próximo Uruguai disponível para apoiar transformação da agricultura angolana

Artigos relacionados

Comunicados

Alltech impulsiona soluções “on farm” em Portugal com nova loja na Póvoa de Varzim

Nota de Imprensa
19 de Setembro 2018
O Dia Aberto Alltech, organizado a 14 de Setembro, reuniu várias dezenas de clientes e parceiros que se juntaram à equipa da Alltech para inaugurar a primeira loja da empresa em Portugal, localizada na Estela, concelho da Póvoa de Varzim. […]

Comunicados

IPN: Coolfarm vence prémio Startup do Ano 2017

Startup incubada no Instituto Pedro Nunes foi distinguida no Ativar Portugal Startups, uma iniciativa promovida pela Microsoft Portugal.
A Coolfarm, sediada em Coimbra, no Instituto Pedro Nunes, foi galardoada com o prémio Startup do Ano 2017 na terceira edição do Ativar Portugal Startups, […]

Cotações ES

Predominio de los descensos en las cotizaciones del aceite de oliva

[Fonte: Agropopular – Cotações]

Esta semana han predominado los descensos en las cotizaciones del aceite de oliva. Según fuentes de Oleoestepa, con motivo de las fiestas navideñas la actividad ha sido escasa en este sector y los aceites virgen y lampantes han cedido ligeramente. […]