Comissão Europeia autoriza dez produtos geneticamente modificados

Comissão Europeia autoriza dez produtos geneticamente modificados

[Fonte: Anipla - fitonotícias]

A Comissão Europeia autorizou dez organismos geneticamente modificados: sete para utilização em géneros alimentícios e alimentos para animais (algodão, vários milhos e soja), duas renovações também para a alimentação humana e animal (colza e milho) e autorizou ainda um cravo como flor de corte ornamental.

Todos estes organismos geneticamente modificados passaram por um rigoroso procedimento de autorização, incluindo uma avaliação científica favorável da Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA).

O cultivo das espécies não é autorizado.

As opiniões de todos os Estados-Membros foram devidamente tidas em conta. As autorizações são válidas por um período de 10 anos e quaisquer produtos produzidos com estes organismos geneticamente modificados serão objeto das estritas regras da UE em matéria de rotulagem e rastreabilidade.

Notícia in: Agroportal

Comente este artigo

O artigo Comissão Europeia autoriza dez produtos geneticamente modificados foi publicado originalmente em Anipla - fitonotícias.

Anterior Improve the link between Science, innovation, agriculture and food
Próximo Paris vai ter a maior quinta urbana do mundo

Artigos relacionados

Nacional

II Simpósio Nacional de Fertilização e Rega em Vila Real

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

Realiza-se nos dias 28 e 29 de Março o II Simpósio Nacional de Fertilização e Rega, organizado pela Associação Portuguesa de Estudantes de Agricultura (APEA). O evento terá lugar em Vila Real, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). […]

Nacional

Gigante da canábis acelera expansão europeia a partir de Cantanhede

[Fonte: Jornal de Negócios] A Tilray contratou mais quadros para a sua operação na Europa de forma a acelerar a expansão cujo epicentro está em Portugal.

A gigante da canábis com base no Canadá, a Tilray, anunciou esta sexta-feira, 5 de julho, […]

Nacional

PS propõe no seu manifesto um novo Plano de Investimento para a Europa

[Fonte: ECO]

O PS propõe no seu manifesto para as eleições europeias a adoção de um “Plano de Investimento para a Europa” capaz de estimular o crescimento das economias dos Estados-membros, tendo como base o reforço dos instrumentos financeiros.
Este documento será […]