CNA acolhe Mesa Redonda: “Agricultura familiar e acesso aos mercados”

CNA acolhe Mesa Redonda: “Agricultura familiar e acesso aos mercados”

A CNA – Confederação Nacional da Agricultura promove uma Mesa Redonda sobre o tema “Agricultura Familiar e Acesso aos Mercados”, a decorrer nos dias 28 e 29 de Janeiro, 2020, no Convento de São Francisco (Sala Conventual A), em Coimbra.

Esta Mesa Redonda Regional decorre no âmbito do projecto BOND, um projecto Horizonte 2020 financiado pela União Europeia e liderado pela Universidade de Coventry, do Reino Unido, que a CNA integra junto com 16 parceiros de 12 países europeus.

Nesta iniciativa pretende-se analisar os desafios que se colocam à Agricultura Familiar no Acesso aos Mercados, construir posicionamentos, fortalecer a cooperação e as alianças entre organizações e reforçar a acção colectiva em torno das questões comerciais.

A análise partirá de uma contextualização mais abrangente de “nível internacional”, com uma abordagem à OMC e aos tratados de livre comércio e seus impactos; passando depois para o “nível comunitário” que versará sobre a deslocalização da produção vs concentração no mercado europeu. Já ao “nível local” será analisada a estratégia “Do Campo à Mesa” sobre alimentos sustentáveis em toda a cadeia de valor, anunciada pela nova Comissão Europeia no âmbito do “Pacto Verde Europeu”.

Com o debate em torno das alterações climáticas na ordem do dia, as questões ambientais e a importância da Agricultura Familiar, dos modelos de produção mais sustentáveis e da relocalização do consumo alimentar serão aspectos a considerar durante o debate. Transversais serão também as dimensões económica e social, com abordagens à Política Agrícola Comum (PAC) e às políticas laborais, ambientais e de saúde na União Europeia.

São esperados mais de 40 participantes, dos quais 35 estrangeiros de 13 nacionalidades. Estarão representadas várias organizações agrícolas, nomeadamente a CNA e Filiadas, e organizações congéneres europeias, bem como a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e a Universidade de Coventry (coordenação do BOND). Estará também presente, para um intercâmbio com os participantes, um analista independente de políticas agrícolas, Gèrard Choplin, especialista da PAC no Comitê das Regiões da UE.

Do encontro sairá um conjunto de recomendações políticas para promover o capital social no sector agrícola e que se farão chegar aos decisores políticos, tanto a nível internacional como da União Europeia.

Comente este artigo
Anterior Produtos fitofarmacêuticos: Classificação harmonizada de substâncias ativas
Próximo Ministra da Agricultura marca presença no Encontro Nacional de Técnicos da CONFAGRI

Artigos relacionados

Nacional

Governo dos Açores vai lançar para consulta programa “Jovem Agricultor”

O Governo dos Açores vai lançar para consulta dos parceiros sociais, na próxima semana, o programa “Jovem Agricultor”, com o intuito de recolher contributos para aperfeiçoar este novo mecanismo de rejuvenescimento do setor agrícola regional. […]

Nacional

Sabe onde foram usados os fundos do Portugal 2020?

Empresas, escolas, estágios, bolsas, centros de saúde… São muitos (14 mil) os projetos apoiados pelo Portugal 2020. Saiba quais.

Dos 25,79 mil milhões de euros que Portugal tem disponíveis até 2020 já foram colocados a concurso 57%, […]

Últimas

Agricultores do litoral alentejano temem “ano de calamidade” devido à seca

Os agricultores do litoral alentejano dizem que a seca deste ano é uma ”calamidade” por não haver água nas albufeiras de Campilhas e Alto Sado. […]