Cersul organiza dia de campo sobre Cereais Biológicos em Elvas

Cersul organiza dia de campo sobre Cereais Biológicos em Elvas

No próximo dia 8 de Maio, a Cersul- Agrupamento de Produtores de Cereais do Sul, realiza, em Elvas, um Dia de Campo dedicado à produção de cereais (trigo mole, trigo duro, cevada e aveia), conduzidos em Modo de Produção Biológico.

A crescente procura da indústria alimentar por cereais de qualidade para elaborar farinhas e outros produtos com valor acrescentado motiva os agricultores associados da Cersul a inovar, buscando alternativas de produção mais rentáveis.

“Os cereais biológicos são um nicho de mercado, mas podem valer o dobro dos cereais convencionais, e têm atualmente uma forte demanda por parte da indústria das farinhas e de outras indústrias alimentares, que desafiaram a Cersul a investigar e a apurar o Modo de Produção Biológico para conseguir comprar matéria-prima em Portugal”,

explica José Maria Falcão, agricultor e membro da direção da Cersul, acrescentando que

“este dia de campo será uma primeira mostra do trabalho que estamos a realizar para responder à procura do mercado e à necessidade de rentabilizar as explorações agrícolas dos nossos associados”.

A jornada decorrerá na Herdade Monte do Campo, no concelho de Elvas, que está a ser reconvertida para Modo de Produção Biológico e onde foram instalados de 5 hectares de cereais de Outono-Inverno (trigo mole, trigo duro, cevada e aveia), em Outubro de 2017. Estão em teste várias técnicas de condução (sementeira convencional vs. sementeira com maior espaço na entrelinha para controlo mecânico de infestantes) e de fertilização destas culturas. A rega é gerida com o apoio de sondas de medição da humidade do solo em contínuo, para maior eficiência e poupança do recurso água.

Após a visita ao campo, terá lugar uma discussão em sala com a participação de: um conhecido especialista francês em agricultura biológica da ARVALIS + Institute de l’Agriculture Biologique Francaise, de investigadores do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV) de Elvas, que estão a desenvolver novas variedades de cereais mais resistentes à seca, a pragas e a doenças, e de investigadores da Escola Superior Agrária de Elvas, que falarão sobre rotações culturais e fertilização de cereais em ambiente mediterrânico. A AGRICERT informará os agricultores sobre as regras do Modo de Produção Biológico e as mudanças necessárias nas explorações agrícolas para aderirem a este sistema produtivo.

Da parte da tarde decorrerá uma visita a campos de cereais produzidos em modo convencional (trigo duro e trigo mole em regadio e cevada dística em sequeiro).

Programa Agricultura biológica

Para inscrição no Dia de Campo contacte: [email protected] TM 961407159 [email protected] TM 968494580

 

Comente este artigo
Anterior Os alumni e o papel nas Universidades. O caso da alumnISA a associação alumni do ISA - Rui Cabrita Matias
Próximo Irão 380 mil toneladas de leite em pó parar ao lixo? Editorial Teresa Silveira + Suplemento Agrovida

Artigos relacionados

Eventos

Acção de demonstração do CompetitiveSouthBerries sobre mirtilo – 11 de julho – Grândola

Tem lugar na manhã de 11 de Julho a 8.ª Acção de Demonstração do Grupo Operacional CompetitiveSouthBerries, que será dedicada ao mirtilo. […]

Internacional

Sur les reseaux sociaux la manque d’eau inquiete les agriculteurs

Les semis des cultures de printemps se déroulent dans la poussière en ce mois d’avril comme en témoignent les photos postées par les agriculteurs sur les réseaux sociaux. […]

Nacional

Incêndios: Prejuízos de sete milhões de euros em Proença-a-Nova

A Câmara de Proença-a-Nova estima que os prejuízos causados pelo incêndio que deflagrou no dia 13 no concelho ultrapassem os sete milhões de euros, entre danos florestais, ambientais e agrícolas, […]