Centros de Competência marcam presença na FNA 2019

[Fonte: Anpromis] Constituindo a inovação um dos principais desafios da agricultura e da floresta portuguesa para as próximas décadas, dez Centros de Competências decidiram marcar presença na Feira Nacional de Agricultura, promovendo um stand conjunto que constituiu um claro sinal de unidade em torno de uma temática que se revela determinante para a competitividade do sector agro-florestal nacional.

No dia 14 de Junho, tivemos oportunidade de apresentar ao Senhor Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos e ao Senhor Secretário de Estado das Florestas, Miguel Freitas as principais actividades desenvolvidas por estes Centros, tendo-se degustado alguns dos produtos que são produzidos no âmbito das actividades, culturas e espécies por eles representadas.

Na intervenção efectuada durante esta acção, o Senhor Ministro da Agricultura felicitou esta iniciativa conjunta dos Centros de Competências e reiterou a «disponibilidade do Ministério da Agricultura de tudo fazer para dar força aos Centros de Competências e aos Grupos Operacionais, para que deles possa sair fonte de Conhecimento que seja adaptável e nos permita resolver problemas concretos, porque é isso que nos move a todos».

O Senhor Secretário de Estado das Florestas, por seu turno, afirmou que a presença conjunta de dez Centros de Competências na FNA «prova a existência de um espírito novo, de uma visão de futuro para a criação de plataformas conjuntas nos domínios da Investigação, do Conhecimento, da Informação e da Inovação, que ajudem a resolver os complexos desafios da Agricultura e da Floresta».

Centro de Competências da Apicultura e Biodiversidade (CCAB)

Centro de Competências do Pinheiro Manso e Pinhão (CCPMP)

Centro de Competências do Sobreiro e da Cortiça (CCSC)

Centro de Competências para o Tomate Indústria (CCTI)

Centro Nacional de Competências das Culturas do Milho e Sorgo (INOVMILHO)

Centro Nacional de Competências dos Cereais praganosos, Oleaginosas e Proteaginosas (CEREALTECH)

Centro Nacional de Competências dos Frutos Secos (CNCFS)

Centro Operativo e de Tecnologia de Regadio – Centro de Competências para o Regadio Nacional (COTR)

Centro Operativo e Tecnológico do Arroz (COTARROZ)

Centro Operativo Tecnológico Hortofrutícola Nacional – Centro de Competências (COTHN)

Comente este artigo
Anterior União Europeia atribui 3,5 milhões de euros a projeto que procura soluções inovadoras para reduzir os impactos do uso de pesticidas
Próximo Soja de Portugal: Savinor volta a atribuir bolsas de estudo a estudantes da Trofa

Artigos relacionados

Vídeos

Olivais tradicionais do Baixo Alentejo – um habitat único a conservar

A paisagem do Baixo Alentejo é um lugar de enorme diversidade biológica. Os olivais tradicionais são uma componente importante desta paisagem, à […]

Vídeos

Ataques de Javalis no Milho

O problema dos Javalis tem aumentado ao longo dos últimos anos. A sua permanência dentro das searas provoca estragos muito consideráveis. […]

Vídeos

Fórum Mitos na Alimentação – entrevista JM MULET

Dia 18 de Junho de 2019, a Anipla convida os consumidores a esclarecer os Mitos na Alimentação. […]