Caulino protege vinhas do sol e melhora produção de vinho no Douro

Caulino protege vinhas do sol e melhora produção de vinho no Douro

O caulino pode ser utilizado nas vinhas de forma a combater o calor que afeta a região do Douro, no verão.

As conclusões são de um estudo da UTAD, realizado para ajudar os vinicultores.

A investigação da UTAD está a demonstrar que a utilização do caulino reduz o impacto do calor e da seca nas vinhas. Segundo uma investigadora, explica que: “o caulino o que faz é que aumenta a reflectância da folha diminuindo assim a temperatura da mesma, sendo que depois vai mexer no metabolismo todo da planta, a folha encontra-se num habitat menos stressante e vai investir naquilo que é importante que é nos fotoassimilados e nos compostos fenólicos que dão origem depois a maior atividade antioxidante. O caulino quimicamente é um silicato de alumínio mas não é nada mais do que uma argila esbranquiçada que serve como protetor solar para a folha, funciona com a mesma função tal como para as pessoas, é colocado e fica esbranquiçado na folha e acaba por proteger a folha do excesso da radiação”.

A aplicação é extremamente simples, é uma solução que fica a 5%, é misturada com água, e depois é colocada num tambor de um trator, e depois o trator é quem vai pulverizar.

Numa época em que se fala e que se sentem tanto as alterações climáticas, esta estratégia é crucial para aumentar a produtividade e não apenas dos vinhos do Douro, como também do Alentejo, sendo que noutros países já querem aplicar e testar o caulino em outras produções tais como o cacau.

Esta investigação realizada pela UTAD já foi premiada a nível nacional e poderá revelar-se muito útil para a agricultura nos próximos tempos.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Olival: “Os Verdes” querem travar a colheita noturna de azeitona
Próximo CANCELADA - Feira do Porco Alentejano volta a Ourique - 27 a 29 de março

Artigos relacionados

Eventos

XXXII edição da Agroexpo: Feira de referência a nível internacional – 29 de janeiro a 1 de fevereiro de 2020 – Badajoz

A edição XXXII da Agroexpo , vai ser realizar-se em Don Benito (Badajoz), na FEVAL – Instituição de Comércio Exterior da Extremadura entre os dias 29 de janeiro a 1 de fevereiro de 2020. […]

Notícias florestas

PAN defende apoio excepcional a particulares e autarquias para limpeza das florestas

O PAN – Pessoas-Animais-Natureza avançou com a apresentação de um projecto de Lei que visa o reconhecimento e aprovação de uma situação […]

Últimas

Edição de genomas |E se pudéssemos curar a sida?  

Dependendo do tipo de HIV, a média do tempo de sobrevivência após a infeção é de nove a onze anos. O tratamento com antiviral pode prolongar a vida dos infetados, […]