Candidaturas abertas aos prémios “Mais Alqueva, Mais Valor”

Candidaturas abertas aos prémios “Mais Alqueva, Mais Valor”

[Fonte: ffl revista]

Estão abertas as candidaturas para os Prémios “Mais Alqueva, Mais Valor”, uma iniciativa integrada no projecto A.L.A. – Agendas Locais da Água no Alentejo, financiado pelo Fundo Ambiental e desenvolvido em consórcio liderado pela EDIA, com a CONSULAI e a Universidade de Évora.

Os Prémios “Mais Alqueva, Mais Valor” pretendem reconhecer projectos, na área de influência do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (EFMA), que implementem um conjunto de boas práticas relacionadas com o uso eficiente da água, do solo, a conservação da biodiversidade, a promoção e a divulgação dos seus modelos de negócio, integrando os conceitos mais recentes de desenvolvimento sustentável.

Os Prémios, este ano na primeira edição, têm como objectivo identificar e dar visibilidade às empresas, pessoas e instituições que contribuem para a eficiente utilização dos recursos naturais, com especial enfoque no recurso água. Pretende-se criar uma rede colaborativa de agricultores que possam demonstrar as boas práticas e promover a disseminação destes conceitos que conciliam ambiente e agricultura, criando mais-valias para os produtores que as implementam, a médio e longo prazo.

As candidaturas estão abertas até ao próximo dia 29 de Janeiro, para as seguintes quatro categorias:

+ PRODUÇÃO: Esta categoria pretende distinguir os produtores agrícolas (pessoas individuais ou pessoas colectivas), beneficiários da EDIA, que promovam o uso eficiente da água bem como a adopção de práticas sustentáveis (económicas, sociais e ambientais). Serão aceites nesta categoria os projectos agrícolas que representem um valor acrescentado para a região de Alqueva, que estejam implementados no terreno e que tenham resultados demonstrados.

+ TRANSFORMAÇÃO: Esta categoria pretende distinguir as empresas agroindustriais que implementem práticas que conduzam a um crescente uso eficiente de água no seu processo e/ou que implementem práticas sustentáveis em termos sociais, ambientais ou económicos. Os projectos têm de estar implementados e com resultados demonstrados.

+ INOVAÇÃO: Esta categoria pretende distinguir projetos de inovação/investigação que promovam a sustentabilidade e a eficiência do uso de água pelos utilizadores de água da EDIA. Os projetos têm de estar concluídos, ou em fase de conclusão, e com resultados demonstrados.

+ UTILIZAÇÃO: Esta categoria pretende distinguir todas as entidades não empresariais (escolas, câmaras municipais, associações, ONG, etc.) que promovam práticas sustentáveis relacionadas com critérios sociais e ambientais, destacando o uso sustentável da água. Serão aceites nesta categoria as iniciativas que contribuam para a sustentabilidade dos recursos hídricos (por exemplo, através de campanhas de sensibilização, divulgação de informação sobre o uso eficiente da água, monitorização do consumo da água nas instalações, instalação de equipamentos para controlo de caudal ou substituição de equipamentos por outros mais eficientes). Os impactos das iniciativas têm de ser sentidos na área de influência do EFMA.

A categoria +VALOR é exclusivamente uma categoria de votação e pretende premiar as entidades que se tenham distinguido com papel relevante na região, em temáticas relacionadas com a gestão da água e uso sustentável de recursos, ao nível da investigação, divulgação e promoção das melhores práticas, criando valor na área de influência do Alqueva. Os candidatos desta categoria foram seleccionados pela EDIA.​

Pode consultar o regulamento clique aqui e candidatar-se e/ou votar aqui.

Notícias relacionadas

Comente este artigo

O artigo Candidaturas abertas aos prémios “Mais Alqueva, Mais Valor” foi publicado originalmente em ffl revista

Anterior Anuário Agrícola de Alqueva de 2018 já está online
Próximo Jornada técnica sobre polinização e controlo biológico em fruticultura

About author

Artigos relacionados

Sugeridas

Aprovados projetos de regadio agrícola no valor de 278 milhões de euros – ministro

[Fonte: Diário de Notícias]
Lisboa, 09 nov (Lusa)- Cinquenta e cinco projetos de regadio agrícola estão aprovados no país com um investimento de 278 milhões de euros, estando 18 em obra, disse hoje à agência Lusa o ministro da Agricultura.
Do Programa Nacional de Regadios, […]

Últimas

Quercus alerta para falta de plano contra fogos no país

g57dyTSygIWNCokEZV1U

Quercus alerta para falta de plano contra fogos no país

Mais de um quarto dos municípios do país não tem plano contra incêndios. O alerta é da Quercus, que denuncia sobretudo os casos de Alijó a norte, mas também de Pedrógão Grande e Castanheira de Pera. […]

Sugeridas

Seca e alteações climáticas. Mentalidade dos mais novos “está a mudar”

[Fonte: Rádio Renascença]
O comentador da Renascença João Taborda da Gama acredita que as gerações mais novas podem ser as primeiras a ter “imbuída desde sempre uma mensagem ecológica” que leve a uma “alteração de consumos e padrões”.
“Aquilo que se passou com aquela marcha pelo ambiente que se viu na semana passada mostra que alguma coisa está a mudar”, […]