Câmara de Boticas aprovou Plano de Acção para o Sítio GIAHS Barroso

Câmara de Boticas aprovou Plano de Acção para o Sítio GIAHS Barroso

[Fonte: Gazeta Rural]

A Câmara Municipal aprovou, em reunião do executivo que se realizou no passado dia 21 de fevereiro, o Plano de Ação do Sistema Agro-Silvo-Pastoril de Barroso/Sítio GIAHS da FAO, a ser desenvolvido nesta região, no âmbito da distinção do Barroso como Património Agrícola Mundial.

O plano em causa prevê a execução, implementação e gestão do sistema agro-silvo-pastoril do Barroso e visa estabelecer o funcionamento de todo o processo, através da “Plataforma GIAHS do Barroso”, Comissão de Acompanhamento e Monotorização e Comissão Executiva.

O acordo para a concretização do referido plano, que foi assinado recentemente por várias entidades, entre as quais, os Municípios de Boticas e Montalegre e o Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, fundamenta-se na definição das contribuições, atribuições, relações, direitos e deveres dos parceiros, com vista à implementação do Plano de Ação do Sítio GIAHS Barroso.

Recorde-se que o reconhecimento do Barroso como Património Agrícola Mundial foi atribuído pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), em abril de 2018, pelas boas práticas desenvolvidas neste território, no que concerne à proteção e promoção da riqueza agrícola, sustentada pela preservação da agricultura tradicional e conservação do meio ambiente e das paisagens.

Comente este artigo

O artigo Câmara de Boticas aprovou Plano de Acção para o Sítio GIAHS Barroso foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Anterior SORGAL marca presença na Feira Anual da Trofa e na AGRO Braga
Próximo Acordo do Mercosul atrasado

Artigos relacionados

Nacional

Partilha de fotografias sobre o rural em nova campanha da ENRD

[Fonte: Rede Rural Nacional] A Rede Europeia de Desenvolvimento Rural (ENRD) está a promover uma campanha de verão nas redes sociais com a hastag #RuralEurope e convida os utilizadores a partilhar fotografias originais e criativas que demonstrem a faceta rural dos respetivos países. […]

Nacional

Incêndios: “Se o interior ficou sem árvores, então que nas cidades deixem de usar carros”

[Fonte: SAPO 24]

Carlos Crisóstomo, de 62 anos, 25 como bombeiro voluntário, mostra-se frustrado e abatido enquanto olha para a floresta queimada que se avista da sua casa, […]

Últimas

Mais de mil fogos com origem em queimadas este ano e três mortos

[Fonte: Açoriano Oriental]

A Guarda Nacional Republicana investigou este ano 1.067 incêndios florestais com origem em queimas e queimadas, […]