Califórnia amplia extensão geográfica de declaração de emergência de seca

Califórnia amplia extensão geográfica de declaração de emergência de seca

O governador da Califórnia, EUA, Gavin Newsom, estendeu na segunda-feira uma declaração de emergência de seca a uma grande parte do estado perante a “escassez severa de abastecimento de água” nas partes norte e centro.

A declaração passa agora a cobrir 41 dos 58 condados, abrangendo 30% dos quase 40 milhões de habitantes da Califórnia, o estado mais populoso dos EUA.

A agência federal de monitorização de secas revelou que a maior parte do estado da Califórnia, e do oeste dos EUA, está a atravessar uma crise de aridez, poucos anos depois de a Califórnia ter saído de um período de seca severa que durou vários anos.

As autoridades temem que a primavera extraordinariamente seca seja um presságio de uma temporada de incêndios florestais como a que ocorreu no ano passado, quando as chamas queimaram um recorde de 16.996 quilómetros quadrados.

A expansão da declaração de emergência ocorre no momento em que o governador democrata se prepara para propor mais gastos orçamentais na resposta de curto e longo prazo às condições de seca.

Em abril, Newsom tinha declarado o estado de emergência em apenas dois condados a norte de São Francisco – Mendocino e Sonoma – mas agora estendeu-o aos condados nas bacias hidrográficas do rio Klamath, do delta de Sacramento-San Joaquin, e do lago Tulare, em grande parte das zonas norte e central da Califórnia.

A neve acumulada na Sierra Nevada, que fornece cerca de um terço da água do estado, estava em apenas 59% da média, em 01 de abril, quando em condições normais deveria estar no pico.

Este ano tem sido extraordinário, por causa das temperaturas muito altas atingidas em abril e no início de maio, disse Newsom, para explicar o rápido derreter da neve acumulada na Sierra Nevada, que serve para alimentar afluentes do rio Sacramento, que abastece de água grande parte do estado, durante o verão.

O problema agravou-se porque grande parte da neve vazou para o solo em vez de fluir para rios e reservatórios, segundo as autoridades estaduais.

As temperaturas mais altas também fizeram com que os utilizadores retirassem mais água e mais rapidamente do que em outros anos de seca, deixando os reservatórios com níveis muito baixos para as necessidades de agricultores, peixes e animais selvagens que deles dependem.

“É hora de os californianos se unirem novamente para economizar água”, disse o secretário da Agência de Recursos Naturais da Califórnia, Wade Crowfoot, num comunicado, pedindo aos residentes para limitarem o seu uso, limitando irrigações e tomando banhos de chuveiro mais rápidos.

A declaração de emergência de seca obriga o Conselho Estadual de Águas a considerar a mudança das regras para aberturas de reservatórios e desvios de água para manter os níveis fluviais, ao mesmo tempo que permite mais flexibilidade nos regulamentos e contratos para responder à seca.

Este problema ocorre no momento em que Newsom enfrenta um referendo sobre a sua permanência no cargo, no outono, provocado em grande parte pela frustração do eleitorado com a forma como lidou com a pandemia de covid-19.

Comente este artigo
Anterior Agrocapitalismo de estufa - Manuel Loff
Próximo Live: 8ª edição da Semana Hortícola do Oeste

Artigos relacionados

Comunicados

CNA: Balanço ao Ano Agrícola 2020 – Pandemia e falta de políticas adequadas agravam situação da Agricultura Familiar

Ao iniciar um novo ano, a CNA sublinha as dificuldades acrescidas que em 2020 se abateram sobre a Agricultura Familiar, devido à pandemia de COVID-19 e às já crónicas más opções políticas do Governo e do Ministério da […]

Últimas

Levar água do Alqueva até Évora era uma reivindicação do Município e o Governo considerou agora ser uma necessidade e decidiu avançar (c/som)

[Fonte: Rádio Campanário] O Governo aprovou recentemente o financiamento para o circuito hidráulico de Évora, e o respetivo bloco de rega, […]

Eventos

CEiiA e ELIO lançam nova empresa para monitorização e digitalização agroflorestal – 2 de outubro

O CEiiA (Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto) e a ELIO apresentam esta sexta feira, dia 2 de outubro, em Évora, nas instalações do CEiiA no PACT (Parque do Alentejo de Ciência […]