Brexit: Exportações agroalimentares e agroflorestais representam 575 milhões de euros anuais

Brexit: Exportações agroalimentares e agroflorestais representam 575 milhões de euros anuais

[Fonte: Observador]

O secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros de Vieira, referiu esta quinta-feira no parlamento que as exportações portuguesas dos setores agroalimentar e agroflorestal para o Reino Unido representam anualmente cerca de 575 milhões de euros.

“As negociações do ‘Brexit’ constituem uma situação sem precedentes na União Europeia […]. O Reino Unido é um mercado extremamente importante, o 5.º em termos de exportações, com 575 milhões de euros por ano”, disse Luís Medeiros de Vieira, durante uma audição parlamentar com as comissões de Assuntos Europeus e Agricultura e Mar.

De acordo com o governante, cerca de 311 milhões de euros correspondem a exportações do setor agroalimentar, 225 milhões de euros do setor agroflorestal e o restante ligado ao setor da pesca.

Entre os produtos exportados encontram-se a pasta de papel, vinhos, tomate transformado, azeite e conservas.

No sentido inverso, Portugal importa do Reino Unido fundamentalmente bebidas alcoólicas, como whiskeys e trigo.

Luís Medeiros Vieira indicou ainda que, no caso de uma saída brusca, ou seja, sem acordo, “há que ter em conta um conjunto de implicações”, inerentes ao facto do Reino Unido se tornar um país terceiro.

“Temos que ter em conta a pauta aduaneira do Reino Unido, o que significa que alguns produtos vão ficar mais expostos que outros, como o Vinho do Porto e, eventualmente, o concentrado de tomate”, explicou.

No entanto, o secretário de Estado da Agricultura e Alimentação ressalvou que, no caso do Vinho do Porto, não devem verificar-se problemas de maior, tendo em conta que os ingleses se identificam com este produto.

Na quarta-feira o parlamento britânico rejeitou uma saída do Reino Unido da União Europeia sem acordo. Hoje a Câmara dos Comuns deverá votar a prorrogação do processo para depois de 29 de março.

Comente este artigo

O artigo Brexit: Exportações agroalimentares e agroflorestais representam 575 milhões de euros anuais foi publicado originalmente em Observador

Anterior Les atteintes à l'environnement responsables d'un quart des morts et maladies
Próximo Secretário de Estado da Proteção Civil satisfeito com a Operação Floresta Segura

Artigos relacionados

Notícias cadeia alimentar

ASAJA, COAG, UPA y Cooperativas consideran “un paso atrás inaceptable” la nueva normativa sobre “venta a pérdidas”

[Fonte:Agropopular]
El Real Decreto aprobado el pasado viernes por el Consejo de Ministros no responde a la reclamación del sector, que pide su prohibición efectiva en la Ley de la Cadena Alimentaria
ASAJA, COAG, UPA y Cooperativas consideran “un paso atrás inaceptable” la nueva normativa sobre “venta a pérdidas”

Añade complejidad, […]

Últimas

Vitacress presente na Fruit Logistica 2019

[Fonte: ffl revista]

De 6 a 8 de Fevereiro, a Vitacress irá participar como expositora na Fruit Logistica, feira internacional do sector hortofrutícola, que se realiza anualmente em Berlim, na Alemanha. O espaço da empresa no stand C12, no corredor 5.2 (no âmbito da participação conjunta promovida pela Portugal Fresh), […]

Últimas

Fim do glifosato discutido esta semana. Anipla fala de “alarmismo”

[Fonte: Vida Rural]
Depois de uma petição pública que recolheu 15 mil assinaturas válidas, a proibição da utilização do glifosato vai ser discutida numa audiência marcada para esta quinta-feira (7 de março) na Comissão Parlamentar do Mar e da Agricultura. […]