Boas práticas para a sustentabilidade da cultura da batata-doce

Boas práticas para a sustentabilidade da cultura da batata-doce

A planta da batata-doce (Ipomoea batatas L.), originária da América Central e Sul é utilizada na alimentação, sendo rica em β-caroteno, vitaminas A e C, açúcares com baixos índices glicémicos, fibras e antioxidantes. A produtividade da batata-doce no Perímetro de Rega do Mira (PRM) tem vindo a diminuir, devido ao acréscimo de problemas fitossanitários emergentes e à falta de Boas Práticas Agrícolas, tais como a utilização de material são na plantação, a manutenção do bom estado fitossanitário da cultura, adequadas tecnologias de produção (fertilização, rega, etc.) e meios de proteção e conservação pós-colheita adequados. Neste vídeo elaborado no âmbito do Projeto +BDMira, divulgam-se Boas Práticas Agrícolas para a produção sustentável desta cultura.

Comente este artigo
Anterior Execução do PDR2020: Centro PINUS promove questionário
Próximo Boletim Técnico de Requisitos de Inspeção de Equipamentos de aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos

Artigos relacionados

Dossiers

Ministério da Agricultura reforça dotação comunitária do Programa Nacional de Apoio ao setor Vitivinícola

O Ministério da Agricultura vai aumentar em 4 milhões a dotação orçamental comunitária referente aos projetos submetidos no âmbito do Concurso de apoio à promoção de vinhos […]

Nacional

Cerca de 135 milhões de pessoas estavam à beira da fome em 2019

Cerca de 135 milhões de pessoas no mundo, nomeadamente em 55 países afetados por conflitos e problemas climáticos, estavam à beira da fome em 2019, […]

Últimas

Bolsa do Porco – Semana 24/2021 – Descida de 0,020 euros

Semana de alta tensão nos mercados europeus com fortes descidas nas principais bolsas da Europa. Com a contínua depreciação do preço da carne e a paragem das exportações para […]