BIOTECFOR – Bionegócios e tecnologia para a valorização eficiente dos recursos florestais endógenos no Norte de Portugal e Galiza

BIOTECFOR – Bionegócios e tecnologia para a valorização eficiente dos recursos florestais endógenos no Norte de Portugal e Galiza

Objetivos

Aumentar os níveis de eficiência na utilização dos recursos florestais, através da aplicação de Sistemas Robóticos Inteligentes, na sua recolha e processamento bem como na busca de novas aplicações para novos materiais, contribuindo para o desenvolvimento da bioeconomia e da economia circular no espaço transfronteiriço de cooperação Galiza – Norte de Portugal.

Ações

Enquadramento estratégico e tendências regionais e europeias dos recursos florestais endógenos na bioeconomia
Aproveitamento dos recursos naturais endógenos florestais na lógica da bioeconomia
Equipamentos e inovação tecnológica
Transferência de tecnologia e capacitação dos agentes
Gestão e coordenação
Comunicação

Resultados

Melhoria da informação e capacitação técnica dos atores do setor
Identificação de novos bionegócios
Desenvolvimento de ferramentas e tecnologias inovadoras para o aproveitamento e valorização dos recursos florestais
Impulsionamento da gestão sustentável dos espaços florestais, induzindo a uma maior rentabilidade da atividade florestal e uma diminuição dos riscos de incêndio associados.
Avaliação do potencial de replicação do projeto noutras regiões

Produtos

Folheto do projeto PT
Folheto do projeto ES

Instituição promotora
FORESTIS – Associação Florestal de Portugal

Participantes

AFG – Associación Forestal de Galicia 
INESC TEC – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência 
CTAG – Fundación para la promoción de la innovación, la investigación y el desarrollo tecnológico en la industria de automoción de Galici

Orçamento global: € 137.287,50

Data de início e fim: janeiro 2017 – junho 2020

→ Consulte aqui o site do projeto BIOTECFOR ←

Comente este artigo
Anterior “Há que conquistar mercados alternativos mas para isso precisamos de uma Interprofissional”
Próximo Infarmed já autorizou cinco empresas a cultivar canábis para fins medicinais

Artigos relacionados

Últimas

Castelo Branco: Olivicultores iniciam processo de certificação da Azeitona Galega da Beira Baixa

A Associação de Produtores de Azeite da Beira Interior (APABI) reuniu em assembleia-geral no sábado passado, dia 20 de Junho, na sua sede em […]

Nacional

Feira dos Frutos. Quem comprar bilhete electrónico recebe grátis uma Ecobox

A Feira dos Frutos — Feira Nacional de Hortofruticultura, organizada pela Câmara Municipal das Caldas da Rainha, realiza-se entre 16 e 25 de Agosto de 2019, […]

Nacional

Brexit. Governo quer manter “relação facilitada” entre portos portugueses e britânicos

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, disse esta terça-feira, no parlamento, que quer manter uma “relação facilitada” entre os portos portugueses e os portos britânicos, […]