Balanço do 1.º Workshop do Projeto Europeu BovINE

Balanço do 1.º Workshop do Projeto Europeu BovINE

A rede transeuropeia de apoio à produção de carne bovina,  BovINE, destinada a enfrentar os desafios de sustentabilidade do setor, reuniu desta forma 176 participantes, na sua maioria produtores de bovinos de carne,  que de uma forma muito enriquecedora e produtiva, discutiram as necessidades prioritárias que a produção enfrenta, ao nível dos quatro temas que o projeto contempla: resiliência socioeconómica; saúde e bem-estar animal; eficiência da produção, qualidade da carne, e sustentabilidade ambiental.

O Workshop, organizado conjuntamente pelos parceiros do Bovine em Portugal, Faculdade de Medicina Veterinária (FMV) e ACBM/Promert, mas sob a responsabilidade do coordenador da Rede Regional do Projeto Bovine em Portugal, o Eng.º José Pais, para além de ter como grande objetivo a identificação e discussão das necessidades prioritárias, como referimos, contou com a presença da Senhora Diretora da Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), Dr.ª Susana Pombo, que abriu este workshop, com a apresentação do Projeto BovINE por parte da Prof. Magda Aguiar Fontes da FMV da Universidade de Lisboa (ULisboa), coordenadora do parceiro FMV no Projeto Bovine, e com a comunicação subordinada ao tema “A sustentabilidade ambiental na produção de bovinos de carne em Portugal”, pelo Prof. Tiago Domingos do Instituto Superior Técnico da ULisboa e TerraPrima.

Após estas intervenções deu-se início à apresentação de Boas Práticas e Inovações identificadas para a produção de bovinos de carne durante este primeiro ano do projeto, sob a moderação do Eng.º José Pais. O Dr. João Diogo Ferreira apresentou a possibilidade de monitorização em tempo real, com efeitos ao nível da resiliência socio-económica, da eficiência produtiva, e da saúde e bem-estar de vacas parturientes e vitelos recém-nascidos. O Eng.º Miguel Vacas de Carvalho apresentou a importância da agricultura regenerativa e a gestão holística do pastoreio na resiliência socioeconómica. Boas práticas como a quantificação do consumo alimentar residual (RFI) com particular ação ao nível da eficiência alimentar e da sustentabilidade ambiental e o uso do scanner de infravermelhos para o diagnóstico de problemas podais, ou a avaliação da qualidade do colostro; os sistemas de prevenção de dermatites; as ferramentas de gestão técnica e económicas disponíveis; os programas alimentares alternativos; os sistemas de precisão aplicados à zootecnia, e a cerca elétrica virtual, também algumas inovações ao nível da recria e acabamento de animais confinados, ou ao nível da redução da pegada de carbono pela incorporação de algas em planos alimentares, foram ainda sumariamente apresentadas pelo Eng.º José Pais. Por fim, o Prof. George Stilwell apresentou a inovação relativa ao uso da compressão torácica (Método de Madigan) em vitelos com síndrome de mau ajustamento neo-natal. Uma inovação que causou grande interesse e que parece ter efeito significativo na recuperação de vitelos recém-nascidos afetados por esta síndrome.

Note-se que todas as apresentações podem ser descarregadas por quem estiver interessado aqui.

Após esta primeira parte o Eng.º José Pais deu início à sessão de identificação e discussão das necessidades prioritárias na produção nacional de carne de bovino, tendo em conta o grande desafio de hoje de promover uma produção mais sustentável. Conseguiu-se gerar uma discussão verdadeiramente construtiva e que permitiu identificar uma série de necessidades prioritárias ao nível das diferentes áreas temáticas que o projeto BovINE contempla. Após compilação das anotações recolhidas sobre este assunto durante a sessão, será enviado a todos os atores da rede nacional informação sobre as necessidades prioritárias identificadas para o próximo ano.

A partir daqui há que identificar boas práticas validadas pelo rigor técnico e científico que assegurem a sustentabilidade, a aceitação e o futuro do sector da produção de carne de bovino, bem como inovações que possam dar resposta a estas necessidades.

Concluiu-se assim esta primeira iniciativa no âmbito da Rede Regional e do Projeto BovINE e que pensamos ter sido verdadeiramente importante ao permitir que num mesmo fórum se reunissem os vários atores da cadeia de valor de carne de bovino, mas em especial a produção, e, assim, identificar as principais necessidades que os produtores enfrentam neste futuro próximo.

Comente este artigo
Anterior OE 2021. PSD Açores exige “solução política” da República para cortes no POSEI
Próximo Governo alarga apoios aos setores das aves, ovos e pequenos ruminantes

Artigos relacionados

Últimas

II Webinar Probiomadeira – 5 de julho

A New Organic Planet (NOP) realizará a 5 de julho, pelas 14h30 o II Webinar no âmbito do Projeto Probiomadeira. Este é o IV evento organizado no âmbito deste […]

Sugeridas

Live: Boas Práticas na Preparação das Caldas e Uso dos Equipamentos de Aplicação em Tomate

Este Webinar contou com a presença do Professor Doutor Marcelo da Costa Ferreira, do Núcleo de Estudo e Desenvolvimento Técnico de Aplicação, da Universidade Estadual […]

Últimas

UE/Presidência: Ministros da Agricultura reúnem-se para tentar fechar PAC

Os ministros da Agricultura da União Europeia (UE) reúnem-se hoje e quinta-feira em Bruxelas, sob presidência portuguesa, para tentar fechar um acordo político sobre a nova […]