ANDOVI publica Guia de recomendações em contexto de Covid-19

ANDOVI publica Guia de recomendações em contexto de Covid-19

No contexto da crise epidémica da Covid-19, a ANDOVI – Associação Nacional das Denominações de Origem Vitivinícolas publica o “Guia de Recomendações COVID-19 – Vindimas em Portugal“, onde apresenta medidas específicas que podem ser implementadas e que vão ao encontro das recomendações da DGS para que se garantam as condições necessárias à proteção de saúde de todos os colaboradores durante o trabalho da vindima, que se aproxima.

O guia contém recomendações sobre as deslocações de pessoas até às vinhas, acolhimento de trabalhadores sazonais, zonas de alimentação e alojamento, cuidados nas vinhas e também na receção de uvas na adega e áreas de fermentação.

O objetivo da publicação é proteger a saúde de todos os colaboradores tomando todas as medidas necessárias para esse fim e, por isso, pretende constituir um apoio às empresas para a organização das vindimas, neste contexto particular.

O artigo foi publicado originalmente em Rede Rural Nacional.

Comente este artigo
Anterior Valorfito: 2019 regista recolha de 358 toneladas de embalagens
Próximo Centro para dinamizar Património Agrícola Mundial em Montalegre vai custar 900 mil euros

Artigos relacionados

Últimas

Exportações da indústria florestal registaram crescimento em 2019

As exportações da indústria de base florestal relativas ao ano de 2019, aumentaram ligeiramente em relação a 2018. A informação é adiantada pela Florestas.pt, plataforma digital dedicada à […]

Dossiers

Ofertas de estágio – Agrónomo – Odemira e Loulé

Projeto/Objetivos: Apoiar na formação técnica de recém-formados em Agronomia. Desenvolver competências de comunicação, trabalho em equipa, organização de fluxos de informação e […]

Últimas

Quase 80% das árvores plantadas em zonas de incêndio morreram

Entre 70% a 80% das árvores plantadas para reflorestar as áreas ardidas nas matas nacionais do litoral morreram, revelou na passada sexta-feira (8 de março) o presidente do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). […]