Alandroal vai plantar milhares de árvores para combater as alterações climáticas

Alandroal vai plantar milhares de árvores para combater as alterações climáticas

O município de Alandroal vai participar como parceiro estrutural no projeto “Além Risco” que procura combater as mudanças climáticas com a plantação de árvores.

Desenvolvido por uma equipa liderada por Miguel Bastos Araújo, conceituado investigador da Universidade de Évora, tem como objetivo envolver os cidadãos na plantação de 50.000 árvores nos aglomerados urbanos do Alentejo Central, permitindo não só reduzir o efeito de “ilha de calor” por eles criados, mas também reforçar a capacidade de adaptação das populações locais ao efeito das ondas de calor na saúde pública.

Ao aumentar o coberto arbóreo dos espaços urbanos, podendo estender-se a espaços periurbanos ou outros, recorrendo sobretudo a espécies autóctones, é possível diminuir as temperaturas médias registadas nestes espaços, em especial no verão.

O projeto é financiado pelo EEAGrants (contribuição da Islândia, do Liechtenstein e da Noruega para a redução das disparidades na Europa e também no reforço da cooperação entre os Estados doadores e os 15 Estados beneficiários da Europa Central e do Sul) e envolverá fundos próprios do município de acordo com o grau de envolvimento do mesmo.

O município de Alandroal espera, com esta colaboração, promover a plantação de alguns milhares de árvores no seu território, iniciar uma nova abordagem aos espaços verdes criados e a criar e gerar também uma dinâmica de envolvimento da comunidade, em especial da comunidade escolar, no desenvolvimento de ações concretas de combate à crise climática que vamos enfrentar numa perspetiva se continuidade muito
para além dos horizontes temporais do projeto.

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior Índia: Agricultores planeiam marcha de milhares de tratores para festa nacional
Próximo Relatório: Avaliação e contributo dos PDR para o setor Agrícola

Artigos relacionados

Nacional

Corticeira Amorim distinguida com Prémio Nacional de Agricultura 2018

António Rios de Amorim recebeu o Prémio Nacional de Agricultura 2018, na categoria Grandes Empresas, entregue pelo Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, […]

Últimas

A importância decisiva da adoção de uma agricultura baseada em ciência – José Pimentel Coelho e Gonçalo Caleia Rodrigues

A produção agropecuária em Portugal iniciou, de há umas décadas para cá, uma transição de um sistema empírico quase que exclusivamente apoiado nos recursos naturais (clima, solo […]

Internacional

Incêndio destrói armazém de maior produtor de ovos de Angola

Um incêndio de grandes proporções destruiu hoje o centro de distribuição da maior empresa angolana do setor avícola, em Luanda, mas não vai afetar a produção dos ovos, disse à Lusa a […]