AJAP pede prioridade para sector agrícola nos postos de combustível

AJAP pede prioridade para sector agrícola nos postos de combustível

A Associação dos Jovens Agricultores de Portugal (AJAP) pede ao Governo para que dê prioridade ao sector agrícola no «número de postos de combustível e na devida repartição em todas as regiões do País (incluindo zonas rurais) em relação ao gasóleo colorido e ao normal, pois podem efectivamente estar em causa milhares de explorações e milhares de postos de trabalho.»

Num comunicado enviado às redacções, a associação defende que esta greve convocada pelo Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas e pelo Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias, por tempo indeterminado, ameaçando o abastecimento de combustíveis e de outras mercadorias, afecta com especial destaque as empresas do sector agrícola e pecuário que, inclusive, «poderão falir».

«Várias colheitas e distribuição de frutas e hortícolas podem estar em elevado risco, também as vindimas, caso o período de greve se estenda, transportes de rações e outros alimentos animais, o sector do leite, quer na recolha aos agricultores, quer na distribuição aos consumidores, bem como para os sectores das aves e suínos, que estão em grande risco».

Os jovens agricultores alertam que «as colheitas não podem ser postas em causa. É urgente a existência de combustível para que os agricultores possam operar as suas máquinas (tratores e alfaias agrícolas), para fazerem as suas colheitas e escoarem os seus produtos».

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas, Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Biblioteca Nacional assinala Centenário da Direcção Geral dos Serviços Pecuários
Próximo Produtores do Oeste preveem colheita de 200 mil toneladas de pera Rocha

Artigos relacionados

Nacional

Nuno Russo: Setor apícola está em forte dinâmica de crescimento e profissionalização

[Fonte: Governo] O forte crescimento do setor apícola foi destacado pelo Secretário de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Rural, […]

Últimas

Wisecrop cresce em tempo de covid e vai fechar o ano com 3 mil clientes

Plataforma oferece uma solução integrada para a gestão de toda a informação da exploração agrícola, com ganhos de eficiência e produtividade. Nasceu há seis anos e tem já operação em […]

Nacional

Convento às portas de Lagoa transforma-se em “santuário” de produtos biológicos

[Fonte: Sul Informação] Projeto do empresário Vitorino Pina quer também recuperar a Festa do Carmo

No século XVI, […]