Agromais Plus realiza XVII Encontro de Agricultores

Agromais Plus realiza XVII Encontro de Agricultores

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

O XVII Encontro de Agricultores da Agromais Plus teve lugar a 28 de Fevereiro, nas instalações da empresa na Golegã. Segundo comunicado da Agromais Plus, no evento «foi possível confirmar a dinâmica dos produtores associados e a vitalidade das organizações que os representam», tendo sido atribuídos os tradicionais prémios da Agromais «aos agricultores que se destacaram em 2018 pela sua produção e envolvimento com as organizações».

Na ocasião, foi atribuído pela primeira vez o prémio “Produtor Biosférico”, que «destaca o agricultor que adopta as melhores práticas agrícolas e ambientais».

Os prémios nas categorias “Voluntário +” e “Agricultor Solidário” visaram premiar os voluntários e agricultores que, em 2018, «mais se envolveram e contribuíram para a divulgação do projecto Restolho».

Agromais e Agrotejo Prémio Agricultor Solidário 20178aAgromais Prémio Voluntário + 2018a

Já a decisão sobre o “Prémio de Carreira” teve em conta a «colaboração, cooperação e envolvimento com as nossas organizações agrícolas nas últimas três décadas».

Agromais Prémio Carreira 2018a

Os premiados foram os seguintes:

  • Agricultor Solidário – Sociedade Agrícola Quinta da Labruja, SA. e Fidalgo Casa Agrícola, Lda.
  • Voluntário + – Escola Profissional de Torres Novas
  • Produtor Biosférico – João Monteiro Coimbra
  • Melhor Produtor de Tomate – Sociedade Agrícola Cruz do Santinho, Unipessoal, Lda.Agromais Prémio Melhor Produtor de Tomate 2018a
  • Melhor Produtor de Batata – Sociedade Agrícola Herdade do Caldas, Unipessoal, Lda. [fotografia de abertura]
  • Melhor Produtor de Milho – José Manuel Rocha Costa e Planticeifa, Unipessoal Lda.Agromais Prémio Melhor Produtor de Milho 2108a
  • Prémio Carreira – Sociedade Agro-Pecuária Os Raposos, S.A.G, Lda.

Este encontro contou com a presença de cerca de 200 agricultores e a participação de representantes oficiais do sector e da região, como, por exemplo, como o presidente da Câmara Municipal da Golegã, José Veiga Maltez, o director regional da Agricultura e Pescas da Região de Lisboa e Vale Tejo, Lacerda Fonseca, e vereadores das câmaras municipais da Golegã e de Torres Novas. Recorde-se que a Agromais Plus – Comércio e Serviços Agrícolas, S.A. se dedica a comercializar factores de produção, que é detida na totalidade pela Agromais e que celebra 20 anos de actividade em 2019.

Em comunicado, é referido que a organização de produtores Agromais «reafirmou com grande orgulho a confiança que deposita nos agricultores que a ela estão associados e elogiou a capacidade que demonstram, todos os dias, para tornar a região numa referência a nível nacional e num exemplo de que “Juntos, somos mais fortes”». No encontro, o presidente do Conselho de Administração da Agromais Plus, Luís Vasconcellos e Souza, «realçou a importância desta organização no desenvolvimento da região e ainda destacou a importância da união e cooperação entre os agricultores».

Por sua vez, Miguel Reis, responsável pela Agromais Plus, «agradeceu aos agricultores, colaboradores e parceiros pela confiança, compromisso e seriedade ao longo destas duas décadas», tendo também afirmado que «o que marcou a diferença e o que faz crescer diariamente a organização é a sua relação com as pessoas». O director da Agrotejo, Mário Antunes, deixou alguns alertas – «destacando o prolongamento das medidas agro-ambientais e o controlo sobre as ajudas» – e adiantou que, em Março, «o projecto de emparcelamento irá avançar, sublinhando que este será um marco histórico para a região e para o sector agrícola».

Notícias relacionadas

Comente este artigo

O artigo Agromais Plus realiza XVII Encontro de Agricultores foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Anterior IAPMEI: Tem um projeto que estimule a iniciativa empresarial?
Próximo Cerca de 80% das árvores plantadas em zonas de incêndio morreram

Artigos relacionados

Nacional

MERCADONA já testa produtos de marca própria em Matosinhos

A Mercadona vai entrar em 2019 no mercado português. A cadeia de distribuição espanhola, tal como o Pingo Doce, não faz a distinção entre marca própria padrão e premium. A estratégia da Mercadona assenta no modelo de coinovação, lançado em 2011. O modelo vai ser transposto para Portugal, estando neste momento […]

Nacional

Paulo Rangel: “Estas europeias têm uma relevância que outras não tiveram”

[Fonte: ECO – fundos comunitários]

A reforma da zona Euro, o Brexit e a crise das migrações dão às próximas eleições europeias “uma relevância” […]

Nacional

“Eduardo Cabrita foi um verdadeiro incendário”, diz Marques Mendes

[Fonte: O Jornal Económico]

Marques Mendes considera que o ministro da Administração Interna teve uma atuação “desastrosa” […]