Frutitec. COTHN realiza dois seminários com conteúdo relevante para a hortofrutícola nacional

Frutitec. COTHN realiza dois seminários com conteúdo relevante para a hortofrutícola nacional

Inseridos na programação da Frutitec (22 a 24 de março),  o COTHN vai levar a cabo dois seminários no dia 22 de março, com conteúdo de elevada importância para o setor hortofrutícola nacional.

No período da manhã vai ser realizado o Seminário «Brexit, impactos, desafios e oportunidades» centrado sobre a temática da previsível saída do Reino Unido da União Europeia numa perspetiva de análise aos impactos possíveis, regulamentação e impostos, dando lugar a uma mesa redonda para debate sobre a temática.

No período da tarde acontece o Seminário “Problemas Fitossanitários Emergentes”, incidindo o foco de atenção em pragas causadoras de crescente preocupação para o setor e para as quais será necessário desenvolver planos de contingência.

Toda a informação sobre os dois seminários está disponível no portal do COTHN. A entrada em ambas as sessões é gratuita mas obrigatória, aqui e aqui.

A Expojardim, Urban Garden, Frutitec e Ibero Pragas realizam-se em simultâneo, de 22 a 24 de março, na FIL – Parque das Nações (Lisboa).

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior UEFA explica decisões do VAR no Porto-Roma
Próximo IAPMEI: Tem um projeto que estimule a iniciativa empresarial?

Artigos relacionados

Sugeridas

IVV: Previsão de Colheita 2020 – Produção de Vinho

Produção de vinho em 2020 com previsão de -3% face à campanha anterior e -2% em relação à média das últimas cinco campanhas. […]

Últimas

A1 a A25 cortadas devido a fogo em Albergaria-a-Velha

A Autoestrada do Norte (A1) e a A25 (Beiras Litoral e Alta) estavam às 8h35 desta sexta-feira cortadas devido a um incêndio no concelho de Albergaria-a-Velha, […]

Nacional

E se toda a agricultura fosse biológica? A produção alimentar poderia diminuir e os gases de estufa aumentar

Calculou-se o que aconteceria se a agricultura em Inglaterra e no País de Gales fosse 100% biológica. Como a produção alimentar diminuiria, […]