Agricultores preocupados com “escalada da crispação” na greve

Agricultores preocupados com “escalada da crispação” na greve

[Fonte: Público]

Produtores em fase de colheita são os que enfrentam maiores riscos caso a greve dos motoristas interrompa o combustível ou transporte de produtos perecíveis.

Levar um produto agrícola da terra para a mesa exige gasóleo agrícola para a colheita, gasóleo rodoviário para o transporte e, caso seja um produto tratado em fábrica, precisa de gás natural, fuelóleo ou nafta para as máquinas de processamento. Isto demonstra em poucas palavras como o sector agrícola, que também pode recorrer a combustíveis para a rega, depende do abastecimento energético e, em caso de falha, é toda uma cadeia que é posta em causa.

Comente este artigo

O artigo Agricultores preocupados com “escalada da crispação” na greve foi publicado originalmente em Público.

Anterior UE investe 33 milhões no Alentejo. Lauak vai produzir peças para o Airbus A320
Próximo "Governo autoriza produtores a abastecerem em pé de igualdade com veículos de emergência", diz Ministro da Agricultura (c/som)

Artigos relacionados

Comunicados

II Seminário Internacional AlmondPT “O Potencial e a Rentabilidade da Cultura da Amêndoa”

O II Seminário Internacional AlmondPT “O Potencial e a Rentabilidade da Cultura da Amêndoa” que teve lugar no passado dia 17 de Setembro de 2019 no auditório da Escola Superior Agrária de Santarém […]

Sugeridas

Reutilização da água: A Comissão congratula-se com o acordo provisório sobre os requisitos mínimos para a reutilização da água na agricultura

As novas regras, propostas pela Comissão em maio de 2018, estabelecerão requisitos mínimos harmonizados de qualidade […]

Nacional

Porbatata lança nova campanha de promoção da batata portuguesa

[Fonte: Agricultura e Mar]
A campanha “Batata Portuguesa – Nasce à sua Porta” está de regresso aos hipers e supermercados portugueses, […]