2020 vai ser o Ano Internacional da Fitossanidade

2020 vai ser o Ano Internacional da Fitossanidade

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

Por iniciativa conjunta da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e do Secretariado do International Plant Protection Convention (IPPC), 2020 foi proclamado pela Assembleia Geral das Nações Unidas como Ano Internacional da Fitossanidade. A decisão foi tomada a 20 de Dezembro pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Esta iniciativa, proposta em 2015 pela Finlândia, pretende «aumentar o reconhecimento, entre o público em geral e os decisores políticos, da importância de plantas saudáveis e da necessidade de as proteger, para se conseguir atingir os Objectivos do Desenvolvimento Sustentável», instituídos pela ONU. Segundo os promotores da iniciativa, as pragas e as doenças das plantas são responsáveis, a cada ano, pela perda de até cerca de 40% das culturas alimentares no Mundo.

O Ano Internacional da Fitossanidade também é considerado «uma iniciativa chave para destacar a importância da saúde das plantas para aumentar a segurança alimentar, proteger o ambiente e a biodiversidade e impulsionar o desenvolvimento económico». Pode consultar aqui um documento que explica em detalhe os objectivos e o contexto desta iniciativa.

Comente este artigo

O artigo 2020 vai ser o Ano Internacional da Fitossanidade foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores

Anterior Abonados 4.000 millones de ayudas directas de la PAC
Próximo Las fiestas navideñas ralentizan el mercado de cítricos

Artigos relacionados

Nacional

Parlamento prolonga trabalhos do observatório dos incêndios até final de dezembro

[Fonte: O Jornal Económico]

A proposta apresentada pelos líderes parlamentares surge depois de o presidente do Observatório Técnico Independente, Francisco Castro Rego, ter vindo alertar que o limite temporal imposto não permitia concluir todos os trabalhos a que lhe foram atribuídos. […]

Últimas

Opinião: A nova regionalização

Ricardo Castanheira

O que é que a amora, o mirtilo e a framboesa têm que ver com inovação, biorefinaria, giesta e regionalização?.. Aparentemente nada, mas a meu ver tudo!
Por estes dias passeando num dos muitos mercados de rua, em Bruxelas (sim, há vários e a ideia com forte apelo turístico deveria replicar-se em Portugal), […]

Últimas

Abertura dos mercados: Bolsas fazem pausa nos ganhos e petróleo afasta-se dos 70 dólares

[Fonte: Jornal de Negócios]

Mercados em númerosPSI-20 desvaloriza 0,43% para 5.315,30 pontosStoxx600 cede 0,29% para 387,80 pontosNikkei subiu 0,05% para os 21.724,95 pontos Juros da dívida portuguesa a dez anos descem 0,3 pontos base para 1,258%Euro avança 0,1% para 1,1243 dólaresPetróleo sobe 0,59% para os 69,78 dólares por barril, […]