1,3 milhões de euros para avaliar a vulnerabilidade do território Português às alterações climáticas

1,3 milhões de euros para avaliar a vulnerabilidade do território Português às alterações climáticas

O Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, presidiu hoje a sessão de assinatura do contrato do projeto Roteiro Nacional para a Adaptação 2100 – Avaliação da vulnerabilidade do território Português às alterações climáticas no século XXI (RNA 2100). A sessão teve lugar no Auditório da Direção-Geral do Território (DGT), e contou também com a presença do Secretário de Estado do Planeamento, José Gomes Mendes.

O RNA 2100, com um financiamento total de 1,3 milhões de euros (400 mil euros atribuídos pelo mecanismo financeiro EEA Grants e 900 mil euros da Agência Portuguesa do Ambiente – APA), tem como objetivo prioritário apoiar e dar resposta a exercícios de política pública de adaptação às alterações climáticas nos vários níveis de intervenção territorial.

Através de um conjunto de projeções e estimativa de custos de adaptação às alterações climáticas para os setores económicos em 2100, o projeto agrega conhecimento de diversas instituições. Estas, vão avaliar, de forma ampla, o impacto, a vulnerabilidade e o risco das alterações climáticas no território nacional. Os resultados alcançados estabelecerão diretrizes para os contextos micro e macroeconómico.

O RNA 2100 envolve a participação da APA, enquanto promotora do projeto, do Banco de Portugal, da DGT, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera e da Direção Norueguesa de Proteção Civil.

Comente este artigo
Anterior Álvaro Amaro defende qualidade do Azeite Português em Bruxelas
Próximo Fogo em Porto de Mós já consumiu cerca de mil hectares

Artigos relacionados

Sugeridas

Produtores de vinho nos Açores duplicaram entre 2012 e 2019

Vasco Cordeiro apontou que existem cerca de 40 vinhos certificados nos Açores. Em 2019 foi acrescentada uma dezena […]

Últimas

“Montado x Produção animal x Vinha”. Observatório do Sobreiro e da Cortiça é palco de workshop

A RRN – Rede Rural Nacional, a UNAC – União da Floresta Mediterrânica  e o CCSC – Centro de Competências do Sobreiro e da Cortiça vão realizar, […]

Nacional

Conferência de Imprensa 40 Anos da CNA

A 26 de Fevereiro de 1978, perfaz agora 40 Anos, foi fundada, em Coimbra, a CNA – Confederação Nacional da Agricultura, por cinco mil Agricultores.