Webinar: A agricultura e a poluição do ambiente – Importância dos métodos analíticos na monitorização da contaminação ambiental – Luísa Barreiros (REQUIMTE/FFUP) – 26 de novembro

Webinar: A agricultura e a poluição do ambiente – Importância dos métodos analíticos na monitorização da contaminação ambiental – Luísa Barreiros (REQUIMTE/FFUP) – 26 de novembro

Ciclo de Conferências IEAAM «Sustentabilidade do Homem no Planeta Terra que Magalhães circum-navegou». Parte III. Desafios para um futuro sustentável

O acesso é livre, mas sujeito a inscrição prévia através deste formulário.

Os dados de acesso e toda a informação pertinente ao ciclo e às conferências serão disponibilizados posteriormente por e-mail.

As inscrições são abertas ao público-geral.

26 de Novembro – 18 horas

A agricultura e a poluição do ambiente – Importância dos métodos analíticos na monitorização da contaminação ambiental — Luísa Barreiros (REQUIMTE/FFUP)

A poluição ambiental tem vindo a despertar preocupação devido à prevalência de compostos potencialmente tóxicos nos vários compartimentos ambientais, em concentrações que têm tendência a aumentar ao longo do tempo. Os pesticidas são contaminantes muito significativos no sistema agrícola solo-água e o seu movimento dos solos tratados para a água constitui um dos principais mecanismos de poluição. Por outro lado, a presença de estrogénios e antibióticos no ambiente é um problema emergente devido aos possíveis efeitos negativos sobre os ecossistemas e seres vivos, mesmo em concentrações reduzidas. Além disso, estes compostos têm potencial de bioacumulação. Consequentemente, a União Europeia adicionou recentemente os estrogénios estradiol e etinilestradiol e vários antibióticos a uma watch list de poluentes emergentes a serem controlados na água.

Neste sentido, a monitorização da contaminação ambiental assume particular importância nos dias de hoje para se poder determinar o destino de compostos poluentes no ambiente e realizar uma avaliação real dos riscos da exposição dos seres vivos. Os métodos analíticos desempenham aqui um papel crucial para que se possa efetuar uma medição rigorosa dos vários compostos poluentes.

Nota biográfica

Luisa Barreiros é licenciada em Microbiologia pela Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa e doutorada em Engenharia do Ambiente pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. O trabalho desenvolvido durante o seu doutoramento incidiu sobre a degradação biológica de pesticidas por um consórcio bacteriano, particularmente no estudo da dinâmica populacional e da via metabólica degradativa. A partir de 2011, passou a integrar o grupo LAQV/REQUIMTE, unidade de investigação dedicada à Química sustentável, na Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto. Enquanto investigadora do REQUIMTE, tem trabalhado na área da Química Analítica, nomeadamente no desenvolvimento de metodologias analíticas e bioanalíticas para aplicação em matrizes complexas (amostras biológicas, ambientais e alimentares).

Comente este artigo
Anterior Região do Barroso em destaque no "The New York Times"
Próximo Investigadores do InPP semeiam trigo para testar resposta à ferrugem amarela

Artigos relacionados

Sugeridas

Agricultores querem Capoulas como próximo comissário europeu

A CAP quer que o próximo comissário seja de um país do sul, e que ainda não é tempo de ser a Grécia a assumir este papel. […]

Dossiers

Se frenan las subidas en los precios en origen del aceite de oliva


Los precios en origen del aceite de oliva tendieron a la baja, tras varias semanas anotando subidas.
El mercado registra más oferta de aceite nuevo y los precios bajan, […]

Nacional

Fileira da madeira contesta “suspensões recorrentes” impostas à exploração florestal

A Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal (AIMMP) contestou hoje as “suspensões recorrentes” impostas pelo Ministério da Administração Interna às atividades de exploração florestal em zonas afetadas por incêndios, […]