Vitacress presente na Fruit Logistica 2019

Vitacress presente na Fruit Logistica 2019

De 6 a 8 de Fevereiro, a Vitacress irá participar como expositora na Fruit Logistica, feira internacional do sector hortofrutícola, que se realiza anualmente em Berlim, na Alemanha. O espaço da empresa no stand C12, no corredor 5.2 (no âmbito da participação conjunta promovida pela Portugal Fresh), será dedicado à sua «origem», «nomeadamente a particularidade de os campos de cultivo serem “banhados” pelo Oceano Atlântico», indica um comunicado.

No certame, a Vitacress «estará focada na divulgação dos produtos biológicos, de que são exemplos as ervas aromáticas em vaso: manjericão, tomilho, salsa, coentros, cebolinho e hortelã». A este propósito, a empresa sedeada em Odemira sublinha que «a produção biológica é, aliás, um dos eixos de desenvolvimento mais importantes da Vitacress, sendo que, em 2018, este tipo de cultura representou 10% da área total de produção da marca, mas o objectivo é triplicar este valor nos próximos três anos».

Na 27.ª edição da Fruit Logistica, a empresa do Grupo RAR «vai ainda divulgar os seus produtos mais recentes e que demonstram a inovação da empresa: a Salada Must (que destaca a folha de mostarda); Salada da Terra (que acrescenta folhas de acelga); a Salada Formosa (que introduziu a salicórnia da Ria Formosa); as Super Sopas (uma oferta diferenciada e funcional no sector); e as embalagens individuais de salicórnia». Segundo o comunicado, «todas estas opções, incluindo as biológicas, vão fazer parte de uma acção de degustação em showcooking, liderada pelo chef Pedro Gaspar, numa parceria com a Portugal Fresh».

Notícias relacionadas

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas, Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Governo financia constituição de agrupamentos de baldios
Próximo FCTUC: Equipa da FCTUC desenvolve géis para remoção de hidrocarbonetos de petróleo

Artigos relacionados

Últimas

Cotações – Coelhos – 5 a 11 de abril 2021

Na semana em análise as cotações médias nacionais do coelho vivo (de 2,2 a 2,5 kg) e do coelho abatido (de 1,1 a 1,3 kg), mantiveram-se novamente estáveis em relação à semana anterior. […]

Últimas

O CEBAL ruma até Serpa para conhecer um centro dedicado a conservar e valorizar recursos genéticos autóctones animais e vegetais

Na próxima quinta-feira, dia 28 de outubro, pelas 11h30, realiza-se a sessão online “Centro de Experimentação do Baixo Alentejo – A Herdade da Abóbada”, com Carlos Bettencourt […]

Dossiers

Mercadona reforça aposta na pera rocha adquirindo um total de 1700 toneladas

A empresa mantém uma relação próxima com o setor primário português e aposta na pera rocha, produto de origem portuguesa, tendo adquirido um […]