Vinho dos mortos: tradição portuguesa renasce em vinícola brasileira

Vinho dos mortos: tradição portuguesa renasce em vinícola brasileira

[Fonte: Gazeta Rural]

Enterrar garrafas de vinho é uma tradição portuguesa que remonta ao século XIX. Há uma quinta no interior de São Paulo, Brasil, que está a recriar o ritual ao som de fado e com trajes tradicionais portugueses.

O vinho dos mortos é uma tradição que surgiu em Portugal na altura das invasões napoleónicas, no século XIX. Face às pilhagens, os produtores de vinho enterravam as garrafas no solo para que estas não fossem roubadas pelo soldados franceses. Quando as invasões chegaram ao fim, as garrafas foram desenterradas, revelando um sabor mais agradável ao vinho lá armazenado.

Assim nascia o chamado vinho dos mortos, que se tornou popular na vila de Boticas, em Trás-os-Montes. Hoje em dia, já são poucos os agricultores que continuam a enterrar garrafas de vinho mas a tradição mantém-se viva em Portugal, existindo até um site oficial, onde é possível encontrar mais informações sobre o vinho dos mortos.

Do outro lado do Atlântico, há uma quinta vinícola brasileira, perto da cidade de São Roque (no estado de São Paulo), que também ajuda a manter viva esta tradição.

Na quinta do viticultor Olivardo Saqui as garrafas são enterradas no solo. No terceiro sábado de cada mês, é desenterrado um lote de garrafas, processo acompanhado por uma perfomance de fado.

Conheça um pouco mais da tradição do vinho dos mortos na Quinta del Olivardo.

Fonte: https://viagens.sapo.pt/

Comente este artigo

O artigo Vinho dos mortos: tradição portuguesa renasce em vinícola brasileira foi publicado originalmente em Gazeta Rural

Anterior AlgaEnergy abre filiais nos Estados Unidos e Índia
Próximo "Açores são um bom exemplo em matéria de segurança alimentar"

Artigos relacionados

Últimas

Madrid acolhe feira ibérica de produtos orgânicos em Junho

[Fonte: ffl revista]
Organic Food Iberia é o nome de um novo certame profissional, dedicado a produtos biológicos, cuja primeira edição vai ter lugar no Ifema, em Madrid, Espanha, nos dias 6 e 7 de Junho de 2019. Este evento é uma organização conjunta do Ifema – entidade que organiza anualmente, […]

Últimas

Mais de 128.000 hectares ardidos, maior área da última década em período homólogo

Lisboa, 04 ago (Lusa) — Os incêndios florestais consumiram este ano mais de 128 mil hectares, a maior área ardida no mesmo período na última década e quase cinco vezes mais do que a média anual dos últimos dez anos.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_5 span,#wpdevar_comment_5 iframe{width:100% !important;} […]

Últimas

Agroalimentar nos países da CPLP discute-se na próxima semana

É já nos dias 26, 27 e 28 de outubro que se realiza a 1ª edição do Agrofórum CPLP, uma iniciativa da Câmara Agrícola Lusófona (CAL) cujo mote será ‘A dinamização do agronegócio na CPLP’.
Segundo a organização, “a realidade do sector agroalimentar, dentro dos países da CPLP, […]