Vindimas revelam trajectórias distintas nas principais regiões produtoras

[Fonte: Agricultura e Mar]

As vindimas iniciaram-se em meados de Agosto nas castas brancas mais precoces e no final do mês nas tintas. Duma forma geral as uvas apresentam bom estado sanitário e equilíbrio entre açucares e nível de acidez, divulga o Instituto Nacional de Estatística (INE), no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Setembro de 2019.

Nas regiões mais afectadas pela falta de humidade (Ribatejo e Alentejo) registam-se diminuições no tamanho do bago e peso do cacho.

Aumento global de produtividade de 5%

Também no Ribatejo e Oeste, e em resultado das baixas temperaturas durante o vingamento, observa-se um menor número de cachos por cepa, com implicações no rendimento unitário alcançado.

Globalmente, o INE prevê um aumento de produtividade de 5%, face à vindima anterior, essencialmente suportado pelo bom desenvolvimento vegetativo das vinhas nas regiões vitivinícolas do interior Norte e Centro.

Quanto à uva de mesa, as previsões apontam para uma diminuição de produção (-5%, face a 2018).

Agosto quente

Quanto ao clima, o mês de Agosto caracterizou-se como quente em relação à temperatura do ar e normal em relação à precipitação.

Na primeira quinzena os valores de temperatura foram, em geral, inferiores à média, sendo que no período de 7 a 11 registaram-se valores inferiores ao percentil 10 (sobretudo na regiões Norte e Centro).

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo Vindimas revelam trajectórias distintas nas principais regiões produtoras foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Anterior Agricultor cultiva abóbora gigante com 450 quilos
Próximo Metas de neutralidade carbónica vão medir sucesso de cimeira sobre o clima

Artigos relacionados

Notícias Gastronomia

Sustentabilidade será o core da alimentação do futuro

[Fonte: Vida Rural]
O Futuro da Alimentação esteve em debate no 7.º Congresso da Indústria Portuguesa Agroalimentar e a sustentabilidade é o centro, […]

Sugeridas

Produtores ibéricos de milho reúnem para debater o clima e competitividade

[Fonte: TSF]
O milho está barato mas produzi-lo é cada vez mais caro
Cerca de 600 agricultores de Portugal e Espanha debatem os desafios do setor. […]

Últimas

Comissão Nacional de Combate ao desperdício Alimentar no Dia da Alimentação

[Fonte: GPP]
No Dia da Alimentação, 16 de outubro, a Comissão Nacional de Combate ao desperdício Alimentar esteve envolvida em várias iniciativas. […]