União Europeia acorda medidas de apoio aos agricultores afetados pela seca

União Europeia acorda medidas de apoio aos agricultores afetados pela seca

Os apoios, propostos pela Comissão Europeia e hoje aprovados pelos 28, preveem que os agricultores de regiões afetadas por condições climáticas adversas possam receber até 70% dos seus pagamentos diretos em meados de outubro e 85% dos seus pagamentos em matéria de desenvolvimento rural logo que o pacote de medidas seja formalmente adotado, o que deverá acontecer já no início de setembro.

O pacote de medidas contempla também várias derrogações excecionais em matéria de regras de ecologização, permitindo, por exemplo, a redução do período mínimo de oito semanas para as culturas intercalares, de modo a que os produtores de culturas arvenses possam fazer as sementeiras de inverno em tempo útil, logo a seguir às culturas intercalares.

“Temos acompanhado de perto a situação desde o início dos fenómenos climáticos extremos e estamos prontos para apoiar os nossos agricultores. A Comissão tem estado em estreito contacto com todos os Estados-Membros e temos reagido rapidamente sempre que necessário. Estas medidas deverão aliviar financeiramente os agricultores europeus e protegê-los da escassez de forragens para os seus animais”, comentou o comissário da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Phil Hogan.

O artigo foi publicado originalmente em SAPO 24.

Comente este artigo
Anterior ICAAM publica Livro de Resumos das Jornadas MED
Próximo AgroSemana: Bridgestone está de regresso a mais uma edição da Feira Agrícola do Norte

Artigos relacionados

Sugeridas

Identificado surto de brucelose na China

Foi identificado em Lanzhou, na China, um surto de brucelose que afetou mais de três mil pessoas. De acordo com a explicação oficial, […]

Últimas

Portugal2020 tem novo site… com ajuda dos fundos comunitários

Mais cativante e jovial. Mais pragmático e intuitivo. O Portugal2020 tem um novo site que oferece mais funcionalidades para os utilizadores. […]

Últimas

Interações entre o clima e a produção de ruminantes

A pecuária intensiva em confinamento tem soluções tecnológicas e de maneio que permitem a atividade em condições ambientalmente desfavoráveis. O decréscimo de precipitação e o alargamento da estação seca previstos serão dramáticos para a produção vegetal do Sul e do Centro Interior de Portugal que, […]