Uma história de pasmar – António Barreto

Uma história de pasmar – António Barreto

[Fonte: Público]

Foi doado mais dinheiro do que era necessário. Parte do dinheiro foi mal gasto, outra parte não foi sequer levantada.

Em Junho de 2017, na região de Pedrógão Grande e municípios vizinhos, um fogo florestal destruiu vidas, fazenda e empresas. Tratou-se de um dos incêndios mais mortíferos de que há registo em Portugal e no mundo desde 1900. Resultaram 65 mortos, sendo que, três meses depois, mais 50 se acrescentariam noutras localidades da região Centro. Os acontecimentos comoveram a opinião pública nacional e estrangeira.

ESTE CONTEÚDO É EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Comente este artigo

O artigo Uma história de pasmar - António Barreto foi publicado originalmente em Público.

Anterior Los precios del porcino alcanzan su nivel más alto de los últimos 5 años
Próximo O futuro da alimentação - Francisco Avillez

Artigos relacionados

Últimas

Eduardo Cabrita: “País está mais bem preparado para combater incêndios”

[Fonte: Agricultura e Mar]
O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, afirmou que o País está hoje mais bem preparado para combater os incêndios, graças ao que foi feito ao nível da prevenção.
Questionado sobre as previsões para um Verão de temperaturas muito elevadas, […]

Últimas

Em Évora há “vacas alegres” e o seu número não vai ser reduzido

[Fonte: Público]
É possível juntar sustentabilidade ambiental, económica e social e ao mesmo tempo garantir bem-estar animal? Na Herdade do Monte Trigo garantem que “sim” e asseguram que, ali, “as vacas são alegres”. Reduzir o número de bovinos é que não está nos planos. […]

Internacional

La revisión de la PAC, pero sobre todo los efectos del Brexit, marcarán 2017 para el campo en la UE

[Fonte: Agroinformacion]  La Unión Europea (UE) inicia un año de debates, en el que se conocerán las primeras propuestas sobre una nueva reforma de la Política Agrícola Común (PAC), aunque no será inicialmente hasta final de año cuando se den a conocer las propuestas planteadas al sector por parte de la CE, […]