Três anos depois de Pedrógão. Floresta continua sem ordenamento

Três anos depois de Pedrógão. Floresta continua sem ordenamento

Três anos depois dos incêndios de 2017, a Associação de Vítimas de Pedrógão Grande reclama mais apoios do Estado. A associação diz também que as populações devem estar preparadas para um novo fogo, já que a floresta continua desordenada.

Três anos depois da tragédia onde perderam a vida 66 pessoas e mais de 250 ficaram feridas, o tempo é ainda de luto para muitas famílias. Para que os grandes incêndios não se repitam, todos devem fazer a sua parte. Três anos depois dos incêndios de 2017, a Associação de Vítimas de Pedrógão Grande reclama mais apoios do Estado. A associação diz também Três anos depois dos incêndios de 2017, a Associação de Vítimas de Pedrógão Grande reclama mais apoios do Estado. A associação diz também que as populações devem estar preparadas para um novo fogo, já que a floresta continua desordenada.Três anos depois da tragédia onde perderam a vida 66 pessoas e mais de 250 ficaram feridas, o tempo é ainda de luto para muitas famílias. Para que os grandes incêndios não se repitam, todos devem fazer a sua parte.

Entre as vítimas dos incêndios de 2017, repete-se a mesma ideia: a região tem sido esquecida pelo poder central.

O artigo foi publicado originalmente em RTP.

Comente este artigo
Anterior Governo Regional apoiou com 323 mil euros agricultores afetados pelo Lorenzo
Próximo Incêndios. Alerta especial vermelho deve ser prolongado, mas com reajustes no território

Artigos relacionados

Últimas

Incêndio que deflagrou em Tomar está “90% dominado”

De acordo com a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil pelas 08:50 este era o conjunto de meios afetos ao combate ao fogo que começou cerca das 16:00 de sábado em Tomar, […]

Últimas

Sector do vinho está preparado para os consumidores Millennials? Saiba em Ponte de Lima

Está o sector do vinho preparado para receber a nova geração de consumidores Millennials? É este o tema que o projecto CV3 – […]

Últimas

APROLEP celebra 10 anos preparando o futuro do setor leiteiro

A APROLEP-Associação dos Produtores de Leite de Portugal organizou, a 7 de janeiro em Benavente, um almoço-debate onde participaram cerca de 70 […]