Trabalhadores da Central de Cervejas reúnem-se com administração

Trabalhadores da Central de Cervejas reúnem-se com administração

Os representantes dos trabalhadores da Sociedade Central de Cervejas (SCC), em Vialonga, reúnem-se esta segunda-feira com a administração da empresa, após uma greve parcial de uma semana, com a expectativa de receber uma proposta de acordo.

Os trabalhadores da SCC estiveram toda a semana em greve por aumentos salariais e progressão na carreira, paralisando em três períodos de duas horas, conforme os turnos diários, o que levou à paragem da produção.

O Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal (SINTAB), que convocou a paralisação vai reunir-se com os trabalhadores, provavelmente na terça-feira, para avaliarem a proposta da empresa.

O conflito laboral envolve os cerca de 300 trabalhadores da produção, ficando de fora outros tantos afetos a outras áreas do negócio, como as administrativas e comerciais.

Se não chegarem a acordo com a SCC, dona da cerveja Sagres, os trabalhadores vão realizar uma greve ao trabalho suplementar aos sábados, domingos, feriados e a “tudo o que seja para além do horário de trabalho”.

Os trabalhadores reclamam “aumentos salariais dignos e justos”, que diminuam a atual “desigualdade salarial”, exigindo uma atualização de cerca de 4%”, num mínimo de 40 euros, e de 1% no subsídio de turno.

Pretendem ainda uma revisão das avaliações, das promoções e das carreiras profissionais.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Dinheiro Vivo.

Anterior Cláudia Monteiro de Aguiar reforça importância de fundos europeus para acessibilidades
Próximo Debate quinzenal dedicado hoje à estratégia e gestão integrada de fogos rurais

Artigos relacionados

Últimas

Extração de resina na Serra da Lousã volta a ser atividade lucrativa


O regresso da resinagem à Serra da Lousã, em 2016, permite já explorar uma área de 15 hectares nos Baldios de Vila Nova, […]

Últimas

Açores aprovam 42 mil euros de apoios aos agricultores afectados pelo furacão Lorenzo

O secretário Regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, assinou hoje, 8 de Novembro, as primeiras portarias que visam conceder um apoio financeiro extraordinário a 37 agricultores das ilhas dos grupos Ocidental e Central, […]

Nacional

Agricultores querem postos prioritários durante greve dos motoristas

[Fonte: O Jornal Económico]

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) considerou este sábado que é […]