Torrestir investe 45 milhões de euros em 2019

Torrestir investe 45 milhões de euros em 2019

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

Em 2018, o grupo Torrestir facturou 200 milhões de euros, «o que representa um forte crescimento em relação a 2017», tendo também criado 200 novos postos de trabalho, indica um comunicado da empresa. Estes resultados são fruto do «crescimento das diversas áreas de negócio» e, em grande parte, «à excelente performance dos mercados de Espanha, Alemanha e Moçambique» – onde o grupo opera através das empresas Torrestir España, Torrestir Deutschland e Torrestir Moçambique –, explica Fernando Torres, presidente do conselho de administração da Torrestir.

Para 2019, esta empresa de prestação de serviços integrados de transporte de mercadorias, distribuição e logística anuncia que vai investir 45 milhões de euros em várias vertentes, «o que irá permitir aumentar a sua capacidade operacional». Neste âmbito, e estando «apostada na qualidade do serviço», a Torrestir vai investir 1,2 milhões de euros num novo software de gestão, «desenvolvido à medida das necessidades do grupo e que visa automatizar os processos da distribuição e disponibilizar mais informação aos clientes».

O grupo também vai abrir a sua nova sede em Braga, com uma área de 100.000 m2, que representa um investimento de 10 milhões de euros. Este edifício conta com espaço de armazém, zona de escritórios, zona de oficinas, cross-docking (com 7.000 m2) e serviço de logística (20.000 m2).

Na vertente da renovação da frota, a Torrestir já investiu 16 milhões de euros este ano na aquisição de 90 tractores (45 da marca DAF e 45 da marca Renault), 111 Iveco Daily (de 3.500 kg) e 80 camiões pesados (de 14 toneladas). Segundo a Torrestir, a frota «é seleccionada mediante critérios de inovação rigorosos que têm em conta a protecção do meio ambiente, a segurança rodoviária e o conforto do condutor», sendo que «as viaturas são equipadas com os mais recentes equipamentos tecnológicos de comunicação e localização».

Em 2019, a empresa também vai abrir um novo armazém no MARL (Mercado Abastecedor da Região de Lisboa), «com 3.000 m2 destinado à distribuição de produtos farmacêuticos e 5.000 m2 à logística de frio, num investimento total de cinco milhões de euros». O mesmo valor será investido em 50 semi-reboques de frio (temperatura controlada) para a Torrespharma, dedicada à distribuição de medicamentos.

O comunicado refere ainda que, em 2018, a Torrestir «manteve um ritmo positivo ao nível dos investimentos, com enfoque na sua frota, tecnologias e abertura de novas plataformas». É salientado que a última abertura decorreu no quarto trimestre de 2018, com a abertura da plataforma de Matosinhos – com um total de 60.000 m2, dos quais 10.000 m2 dedicados ao cross-docking –, num investimento que rondou os sete milhões de euros.

Com serviços ligados à exportação, importação, armazenagem e distribuição, o grupo Torrestir dispõe de 1.975 colaboradores, 14 plataformas de cross-docking (Distribuição), dois armazéns de logística integrada e 1.634 veículos próprios. «As nossas plataformas estão estrategicamente posicionadas para servir de base à logística e à distribuição porta a porta e proporcionar um fácil acesso aos nossos clientes, para além de disponibilizarem excelentes condições para a logística integrada: armazenagem, manuseamento, picking, preparação da encomenda e distribuição», sublinha Fernando Torres.

Comente este artigo

O artigo Torrestir investe 45 milhões de euros em 2019 foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Anterior Governo dos Açores anuncia 1,5ME para reforçar abastecimento de água na agricultura
Próximo Que lições se podem tirar dos incêndios de 15 de outubro de 2017?

Artigos relacionados

Nacional

Liga dos Bombeiros. Decisão de levar comandante de Pedrogão a julgamento é “ignorante”

[Fonte: Rádio Renascença]

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) reafirma total solidariedade com o comandante dos Voluntários de Pedrogão Grande.
Reunido esta terça-feira para analisar o despacho de pronuncia, que coloca Augusto Arnault entre os arguidos que irão a julgamento, conselho executivo da Liga diz que a decisão judicial é […]

Nacional

Sementeira aérea em Silves permite estabilizar solos após fogo de Monchique

[Fonte: Gazeta Rural]

O secretário de Estado das Florestas, Miguel Freitas, destacou a importância da sementeira aérea iniciada hoje na Herdade da Parra, em Silves, para evitar a erosão e estabilizar solos na serra de Monchique após os incêndios de 2018. […]

Últimas

Açores quer certificação oficial e rótulo facultativo para leite de pastagem

[Fonte: Agricultura e Mar]
O secretário Regional da Agricultura e Florestas defendeu que o processo de certificação do leite de pastagem nos Açores tenha requisitos mínimos comuns a todos os operadores e seja garantido por uma entidade oficial, no caso o IAMA — […]