The Navigator apoia iniciativa “Vindimas 2019” do Instituto Superior de Agronomia

A The Navigator Company vai apoiar a iniciativa “Vindimas 2019” do Instituto Superior de Agronomia (ISA) que decorre amanhã, 20 de Agosto, na Tapada da Ajuda, local onde o Instituto tem implantada aquela que, até há poucos anos, era a única vinha da cidade de Lisboa.

Criada com o objectivo de suportar o ensino e a investigação de produtos enológicos, o Instituto Superior de Agronomia promove, todos os anos, uma vindima solidária que culmina com a oferta de fruta a instituições de solidariedade locais.

Vindimas abertas a voluntários

Há oito anos que as vindimas da Tapada da Ajuda são abertas à participação de voluntários. A iniciativa “Vindimas 2019” permite a todos os participantes a experiência e vivência das vindimas e da adega.

Os dias da vindima são marcados de acordo com o grau de maturação das uvas das várias castas existentes, que vai sendo analisado pelos especialistas do ISA (técnicos, investigadores e docentes).

A vindima começou a 6 de Agosto com os primeiros ensaios e testes e, nesse dia, foram colhidas as uvas de Moscatel Galego e, no dia seguinte, a casta Viosinho. Na semana passada seguiu-se a colheita dos bagos de Encruzado e, esta semana, serão os cachos de Alvarinho.

The Navigator oferece caixas de transporte

Este ano, a The Navigator Company associou-se a esta acção e irá disponibilizar as caixas para transporte e a oferta da fruta, assinadas pelo projecto #MyPlanet que promove um estilo de vida saudável.

A The Navigator Company é um produtor integrado de floresta, pasta e papel, tissue e energia, cuja actividade está alicerçada em fábricas modernas de grande escala, com tecnologia de ponta e que constituem uma referência de qualidade no sector.

“O modelo de negócio da empresa desenvolve-se com base numa matéria-prima de excelência − o Eucalyptus globulus − cujas características intrínsecas permitiram desenvolver uma estratégia de diferenciação, baseada em produtos de elevada qualidade, que são hoje uma referência internacional neste sector”, realça fonte institucional da The Navigator.

3.ª maior exportadora portuguesa

A empresa é a terceira maior exportadora portuguesa, representa aproximadamente 1% do PIB nacional e 2,4% das exportações nacionais de bens, sendo a que gera o maior valor acrescentado nacional.

Em 2018, a The Navigator Company teve um volume de negócios, de cerca de 1,6 mil milhões de euros, cerca de 91% dos produtos do Grupo são vendidos para fora de Portugal, e têm por destino aproximadamente 130 países.

Consolidada a sua posição de líder europeu na produção de papéis finos de impressão e escrita não revestidos (UWF) e sexto a nível mundial, a companhia é também o maior produtor europeu, o quinto a nível mundial, de pasta branqueada de eucalipto BEKP – Bleached Eucalyptus Kraft Pulp.

Negócio do tissue

A empresa entrou no negócio do tissue e tem actualmente uma capacidade de produção de 65 mil toneladas de produto acabado por ano na fábrica de Vila Velha de Ródão e 55 mil toneladas na nova fábrica de Aveiro.

A empresa tem mais de 110.000 hectares de floresta sob gestão e o maior viveiro certificado de plantas na Europa, com capacidade de produzir 12 milhões de plantas por ano.

Com uma actividade florestal verticalmente integrada, o Grupo dispõe de um Instituto de Investigação Florestal próprio, referência mundial no melhoramento genético do Eucalyptus globulus.

Gere em Portugal uma vasta área florestal, 100% certificada pelos sistemas internacionais FSC (FSC C010852) e PEFC (PEFC/13-23-001).

Responsável por 4% da produção de energia de Portugal

Dispõe de uma capacidade instalada de 1,6 milhões de toneladas de papel, de 1,6 milhões de toneladas de pasta (80% integradas em papel), 120 mil toneladas de tissue produto acabado, produzindo cerca de 2,5 Twh de electricidade anualmente, sendo responsável por cerca de 4% da produção de energia de Portugal e de 52% da energia produzida a partir de biomassa.

No início de 2019, a The Navigator Company recebeu a classificação pelo Carbon Disclosure Project (CDP) de líder global no combate às alterações climáticas, alcançando um lugar de destaque na lista “A” desta organização.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Vale da Rosa amplia gama e cria embalagem amiga do ambiente
Próximo Pagamento do Pedido Único 2019 começa em Outubro

Artigos relacionados

Nacional

Limite do uso sustentável dos recursos naturais de 2019 é atingido na segunda-feira

Este ano, o chamado Dia de Sobrecarga da Terra chega três dias mais cedo do que em 2018

A associação ambientalista Zero alertou hoje que a humanidade vai atingir nesta segunda-feira o limite do uso sustentável de recursos naturais disponíveis para este ano, […]

Fitotema

Medidas Preventivas – Traça da Batateira – Phtorimaea operculella

Logo que as batatas estejam prontas, devem ser colhidas. A manutenção da vegetação e das batatas na terra por tempo desnecessário […]

Últimas

Vinha e vinho no centro da Feira Nacional de Agricultura 2019

“Vinha e Vinho” constitui o tema central da 56.ª Feira Nacional de Agricultura/66.ª Feira do Ribatejo, que decorre de 8 a 16 de Junho nas instalações do Centro Nacional de Exposições (Cnema), […]