Tetra Pak lança plataforma informativa “Boa Embalagem para um Planeta Melhor”

A Tetra Pak desenvolveu a Boa Embalagem para um Planeta Melhor, uma campanha informativa que dá a conhecer os benefícios ambientais das suas embalagens aos consumidores portugueses.

A Tetra Pak tem “um compromisso assumido com o meio ambiente e estabeleceu como prioridade reduzir ao máximo o impacte no planeta”, garante uma nota de imprensa da empresa.

Este novo website (aqui), lançado em Espanha e Portugal, tem como objectivo principal dar a conhecer a sustentabilidade das embalagens da Tetra Pak e centra-se em três pilares fundamentais: a renovabilidade, as baixas emissões de CO2 e a reciclabilidade.

Vantagens ambientais das embalagens de cartão

Desta forma, a Tetra Pak deixa à disposição do consumidor um conjunto de conteúdos (vídeos, infografias e ilustrações) que mostram as vantagens ambientais das embalagens de cartão para bebidas em comparação com outras alternativas, através de informação detalhada sobre a origem das matérias-primas, a redução de emissões de CO2, o uso de plásticos de origem vegetal, o consumo de cartão proveniente de florestas geridas de forma responsável, a consciencialização da importância da reciclagem e a explicação do processo de reciclagem das embalagens.

Segundo Ramiro Ortiz, recentemente nomeado director-geral da Tetra Pak Ibéria, “combater as alterações climáticas é crucial para nós. Estamos a trabalhar para apoiar o futuro sustentável do nosso planeta e o sucesso a longo prazo dos nossos clientes, contribuindo directamente para os objectivos de desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS’s) nº 6, 7, 9, 12, 13, 15 e 17. Esperamos que a campanha Boa Embalagem para um Planeta Melhor seja importante para uma escolha consciente por parte dos nossos clientes e consumidores, uma vez que explica de forma detalhada o motivo pelo qual as embalagens que produzimos são uma alternativa sustentável para o embalamento de bebidas e alimentos com o menor impacte ambiental possível. Acreditamos que todos podemos marcar a diferença ao optarmos por produtos mais sustentáveis”.

Economia circular

Segundo a mesma nota de imprensa, a Tetra Pak “trabalha intensamente numa economia circular baixa em emissões de carbono para a indústria de alimentos e bebidas. Inovações como as soluções assépticas, a tecnologia eBeam, as embalagens 100% renováveis e operações baixas em emissões de carbono demonstram que a sustentabilidade está desde sempre no centro da organização”.

São várias as conquistas registadas no plano de sustentabilidade empresarial, tanto a nível global como local, como a Tetra Pak detalha no Relatório de Sustentabilidade 2019.

Responsabilidade social

Os responsáveis pela empresa dão como exemplos locais a introdução no mercado português de tampas de plástico de origem vegetal produzidas a partir da cana de açúcar em substituição do petróleo, a incorporação de carros híbridos na frota de veículos da empresa, que rondará os 50% até ao final de 2019 e a utilização de papel 100% FSC.

E ainda o lançamento de projectos nacionais como a exposição “Boa Embalagem, Boa Vida”, que registou mais de 10.000 visitantes em todo o país ou a iniciativa “Vem Brincar a Reciclar” que permitiu angariar mais de 14.500 euros para a reconstrução do parque infantil da Mata de Madre Deus, em Lisboa.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar .

Anterior ClimCast: Alterações climáticas trazem novos desafios aos soutos
Próximo Agroglobal 2020 de 9 a 11 de Setembro

Artigos relacionados

Eventos

Colóquio da FENCAÇA “Compatibilização da Atividade Cinegética com as Atividades Turísticas Emergentes no Mundo” na XI Feira de Caça, Pesca e Lazer de Ponte de Lima – 21 de junho

No âmbito da XI Feira de Caça, Pesca e Lazer de Ponte de Lima, a realizar este fim-de-semana, no Pavilhão de Feiras e Exposições de Ponte de Lima, […]

Últimas

“A ciência está na correta gestão da cultura”

António Coelho, Fitolivos
A ciência está na correta gestão da cultura, ou seja, se no início do ciclo até […]

Últimas

Opinião: À Mesa com Portugal

Olga Cavaleiro

Desconfio que não há casa no Baixo Mondego rural que não tenha um tacho de arroz sempre feito para os que aparecem à […]