Tem cortiça para extrair em 2020? Saiba antecipadamente o seu valor

Tem cortiça para extrair em 2020? Saiba antecipadamente o seu valor

É produtor e tem extracção de cortiça esperada para 2020? Se tem pode pedir uma amostra antecipada e conhecer antecipadamente o valor da sua cortiça. Para tal basta aceder à página de Internet da APFC – Associação de Produtores Florestais do Concelho de Coruche e Limítrofes, aqui.

A associação explica que existem “modelos de crescimento da cortiça que permitem estimar, a partir do calibre aos 8 anos, os acréscimos que vão ocorrer até aos nove anos de criação. Esta amostragem permite prever as características das cortiças a extrair na próxima campanha, antecipando a negociação”.

Amostra da qualidade da cortiça

O serviço de amostra de qualidade da cortiça é realizado anualmente desde 1992, tendo “permitido um melhor conhecimento das cortiças de cada produtor, em função da qualidade e calibre, criando uma base sólida para a comercialização das mesmas e melhorando substancialmente a capacidade de negociação do produtor”, acrescenta a APFC. E refere que o conhecimento efectivo do valor potencial de uma partida de cortiça que se vai comercializar é um factor cada vez mais importante na obtenção de um “bom negócio”. “A realização de uma amostra de qualidade da cortiça a extrair é a ferramenta para atingir esse objectivo”, diz a mesma fonte.

As amostras da qualidade podem ser feitas à cortiça no montado, na pilha e amostra de humidade da cortiça (no montado ou na pilha). A amostra de cortiça deverá ser preferencialmente realizada no montado previamente à extracção (com 8, 9 ou mais anos de criação), dispondo a APFC de modelos de crescimento da cortiça para estimar os aumentos de calibre do 8.º para o 9.º ano.

Pode consultar as amostras realizadas aqui.

A APFC foi criada em 1992 e tem como principal objectivo a defesa e a promoção dos interesses dos proprietários florestais da região. A área de influência da associação é o concelho de Coruche e os concelhos limítrofes, tais como Mora, Vendas Novas, Benavente, Salvaterra de Magos, Almeirim, Chamusca e Ponte de Sôr. Actualmente conta com 448 associados representando aproximadamente 215.941 hectares.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Revitalização do Pinhal Interior tem 50 das 55 medidas executadas
Próximo Combate à praga de jacintos de água cabe ao Ministério do Ambiente, diz Aveiro

Artigos relacionados

Últimas

Em Messines foi plantado um dos maiores amendoais do Algarve

As amendoeiras já foram um símbolo do Algarve. A partir da década de 1930 tornaram-se frequentes os comboios especiais organizados pela CP […]

Legislação

Em Destaque Agronegócio | 4º Trimestre de 2018

Consulte a compilação da VDA com a legislação relevante para o setor agrícola para o 4º trimestre de 2018.

Últimas

Incêndios: GNR contabiliza cerca de 24 mil falhas na limpeza e 290 contraordenações

A Guarda Nacional Republicana (GNR) identificou 23.968 situações de incumprimento na limpeza de terrenos florestais e instaurou 290 autos de […]