Syngenta reforça aposta na agricultura sustentável

Syngenta reforça aposta na agricultura sustentável

A Syngenta firmou, recentemente, protocolos de colaboração com a Elaia e o Grupo Ortigão Costa com o objetivo de promover as boas práticas agrícolas e a sustentabilidade ambiental nas culturas do olival, frutos secos e tomate de indústria.

No âmbito deste acordo, a Elaia e a Syngenta vão colaborar na promoção de ações conjuntas para uma gestão sustentável do olival nos domínios da preservação da água, do solo e da biodiversidade. Recorde-se que a Elaia explora mais de 12 000 hectares no Alentejo dedicados à produção de azeitona para azeites e, no âmbito desta parceria com a Syngenta, irá instalar margens multifuncionais com plantas vivazes nas bordaduras dos olivais, para atrair insetos polinizadores e artrópodes auxiliares.

“As misturas de sementes que compõem estas margens multifuncionais foram desenvolvidas pela Syngenta no âmbito do projeto ‘Operation Pollinator’. Adicionalmente, a Syngenta reforçará o conhecimento técnico da equipa da Elaia com ações de divulgação de boas práticas para a proteção da água, solo e biodiversidade”, explica ainda a Syngenta.

Por outro lado, o acordo entre a Syngenta e o Grupo Ortigão Costa prevê a contribuição de ambas as empresas para a criação de um Centro de Excelência em Pulverização para a cultura do Tomate de Indústria, em parceria com o Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional, no sentido de desenvolver ações de formação para uma gestão sustentável da cultura do tomate de indústria e promover maior eficiência no uso de produtos fitofarmacêuticos por via de uma melhoria das condições de pulverização, tanto ao nível dos equipamentos e da sua utilização, como da qualidade da água de pulverização.

Nos frutos secos, o protocolo abrange a promoção da biodiversidade através da instalação de margens multifuncionais nas bordaduras nos amendoais e nogueirais do grupo Ortigão Costa no Alentejo, com monitorização regular da evolução da entomologia local e ações de formação de boas práticas agrícolas desenvolvidas pela Syngenta.

O projeto ‘Operation Pollinator’ é um programa internacional da Syngenta para o incremento da biodiversidade nos campos agrícolas. O OP baseia-se no estabelecimento de habitats específicos – margens multifuncionais – para insetos polinizadores em zonas agrícolas, que permitam criar alimento e refúgios naturais para estes auxiliares e que fomentam a presença de outros artrópodes úteis como predadores e parasitóides.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Anterior Navigator cria modelo de gestão de combustíveis baseado na silvo pastorícia para prevenção de incêndios
Próximo Syngenta quer implementar Operation Pollinator também nas cidades

Artigos relacionados

Nacional

2020 vai ser o Ano Internacional da Fitossanidade

Por iniciativa conjunta da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e do Secretariado do International Plant Protection Convention (IPPC), […]

Últimas

Incêndios. Ministro admite que pode ser decretado novo alerta vermelho a partir de quinta-feira

O alerta especial vermelho de agravamento do risco de incêndio florestal que vigorava em vários distritos vai terminar às 23h59 de hoje passando todo o continente a estar em alerta laranja, […]

Nacional

Agricultura portuguesa vai ter HUB digital

ISQ lança o Hub Digital para a Agricultura em Portugal (HUB4AGRI). A apresentação oficial do HUB4AGRI decorrerá no próximo dia 15 de outubro, […]